×

Instituto Avon lança campanha pelo fim da violência contra mulheres e meninas

Publicado em
today 29 de nov de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

No último dia 20 de novembro, o Instituto Avon lançou sua campanha "21 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulheres e meninas". O início da campanha - também conhecido como período laranja - tem como marco o Dia da Consciência Negra, para lembrar que mulheres negras sofrem violências por serem mulheres e por serem negras, e vai até o dia 10 de dezembro, quando é celebrado o Dia Internacional dos Direitos Humanos.


Campanha do Instituto Avon - Reprodução


Para Daniela Grelin, diretora executiva do Instituto Avon, "os 21 dias de ativismo são uma janela de oportunidade para ampliar a conscientização sobre o papel de cada um de nós no enfrentamento às violências contra mulheres e meninas, a começar pela força de vendas da Avon. São mais de 1 milhão de revendedoras pelo Brasil, com um engajamento que alcança todos os municípios brasileiros." 

Foram desenvolvidas ações com foco na mobilização da sociedade e empresas para rever atitudes do cotidiano que levam ao desrespeito contra as mulheres. Uma das iniciativas desenvolvidas pelo Instituto Avon visa a engajar as empresas signatárias da Coalizão Empresarial pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas, lançada no último agosto, em ações de comunicação interna e externa, para aumentar a conscientização, conhecimento e informação para que colaboradores(as) saibam reconhecer e o que fazer diante das violências sofridas por mulheres e meninas. O conceito da campanha é "Entre sem Bater. Violência contra mulher é da nossa conta", para mostrar a urgência do tema e incentivar que homens e mulheres tomem uma atitude ao presenciar ou conviver com uma mulher que sofre agressão.

Para conversar com o público masculino, fundamental no enfrentamento às violências contra mulheres, o Instituto convidou as plataformas Papo de Homem e Quebrando Tabu para criarem vídeos sobre o tema.

No enfrentamento das violências contra as mulheres e meninas, o Instituto Avon atua há 11 anos e já destinou R$ 34 milhões para 193 projetos voltados ao fortalecimento e integração da rede de proteção à mulher em situação de violência. Só em 2018, contribuiu com a formação de mais de 4 mil agentes públicos (policiais, ouvidores, juízes, e agentes de saúde), possibilitou que mais de 7 mil advogados e terapeutas passassem a oferecer serviços gratuitos à população por meio do Mapa do Acolhimento e 10 mil atendimentos online pelo aplicativo Mete a Colher.

O período Laranja é mundialmente conhecido como 16 dias de ativismo, tendo seu início em 25 de novembro, quando é comemorado o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres. No Brasil, esse período foi ampliado para 21 dias, começando em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, para abordar a discussão e procurar soluções para os altos índices de violência contra a mulher negra.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.