×
Por
EFE
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
21 de abr. de 2022
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Inditex reiniciará a sua atividade na Rússia "o mais rapidamente possível"

Por
EFE
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
21 de abr. de 2022

Óscar García Maceiras, CEO da Inditex, indicou na quarta-feira (20) que o grupo têxtil continua a “monitorar” a situação provocada pela guerra na Ucrânia, que fez suspender temporariamente a sua atividade na Rússia, mas que irá retomar “o mais rapidamente possível e assim que as condições permitirem".


Arquivo - Fashion Network


García Maceiras visitou a Universidade de A Coruña, onde assinou um acordo para atrair talentos e, em uma conferência de imprensa posterior, foi questionado sobre as decisões do grupo diante do desenvolvimento da guerra.
 
"A mensagem continua a mesma", esclareceu após recordar que em 5 de março a Comissão Nacional do Mercado de Valores espanhola foi informada de que a Inditex iria "suspender temporariamente" a sua atividade na Rússia, onde conta com mais de 500 lojas e mais de 9000 trabalhadores, visto que devido ao conflito não poderia "garantir a continuidade das operações".

A empresa, que tem sede em Arteixo (A Coruña) e agrupa marcas como Zara, Bershka e Pull&Bear, lançou um plano de apoio às suas equipes, não havendo mais desenvolvimentos neste sentido, indicou o executivo.

© EFE 2022. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos dos serviços Efe, sem prévio e expresso consentimento da Agência EFE S.A.