×
Por
EFE
Publicado em
29 de ago. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Inditex registra vendas moderadas no segundo trimestre

Por
EFE
Publicado em
29 de ago. de 2022

A empresa espanhola Inditex segue recuperando os seus níveis de vendas apesar do ambiente macroeconômico enfraquecido e com um cenário de inflação "alta e duradoura", segundo previsões feitas por vários analistas para o final do segundo trimestre fiscal (maio-julho).


DR


Segundo analistas do Renta4banco, a gigante têxtil presidida por Marta Ortega deve observar um aumento de vendas de 11% no segundo trimestre em relação ao mesmo período de 2019, também sustentado pelo ótimo início demonstrado no primeiro mês do período (até 5 de junho), com alta de 17% na taxa interanual.

A empresa já destacou que as coleções primavera-verão foram muito bem recebidas por seus clientes e obteve um aumento de 13% nas duas últimas semanas de maio em relação ao mesmo período de 2021.

Analistas de Inversión.es lembraram que, em seu último relatório resultados, a Inditex apresentou crescimento de 57% "graças ao forte desempenho, com um estoque de alta qualidade com aumento de 27%, cobrindo possíveis tensões na cadeia de abastecimento".

Outro fator a ser considerado neste e nos próximos trimestres é a posição de caixa líquido, que aumentou 28% entre fevereiro e abril, para 9.189 milhões de euros. Essa posição financeira "acena com boa alavancagem para planos de expansão nos próximos trimestres", acrescenta a análise.

Os especialistas do Bankinter prevêem também uma melhoria do “tom de valor” da Inditex nos mercados, devido à esperada recuperação do turismo e das atividades sociais, o que implica, uma procura induzida de vestuário. Eles acrescentam que a perspectiva de aliviar as restrições da COVID na China "melhorará o tom do valor no curto prazo".

Analistas enfatizaram que os resultados do próximo segundo trimestre do grupo têxtil serão os primeiros sem a contribuição dos mercados russo e ucraniano.

No primeiro trimestre do ano, a Inditex obteve um lucro líquido de 760 milhões de euros (80% a mais), com uma provisão de 216 milhões incluída para despesas estimadas na Ucrânia e na Rússia para todo o exercício de 2022. Sem essa provisão, o benefício teria sido de 940 milhões.

As vendas totais das marcas do grupo, incluindo Zara, Massimo Dutti e Pull&Bear, atingiram 6.742 milhões no primeiro balanço anual, 36% a mais que no primeiro trimestre de 2021.

© EFE 2022. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos dos serviços Efe, sem prévio e expresso consentimento da Agência EFE S.A.