Inditex aumenta as vendas online em 35% na Europa e supera 1,1 bilhão de euros

Fashion Retail, a subsidiária da Inditex através da qual ela canaliza as vendas online na Europa, atingiu um volume de negócios de 1.137,94 milhões de euros em seu último exercício fiscal, que encerrou em 31 de janeiro deste ano, representando um aumento de 35,46% em relação ao ano anterior.


Pinterest

A empresa, que aumentou sua quadro de 340 funcionários para 417, registrou um lucro líquido de 57,31 milhões de euros, o que representa um crescimento de 15%, de acordo com as contas depositadas no Registro Mercantil fornecidas pela Infoempresa.com.

O resultado operacional foi de 78,49 milhões de euros em 31 de janeiro deste ano, em comparação com os 70,51 milhões obtidos no ano anterior, enquanto a despesa de imposto de renda totalizou 19,25 milhões de euros, em linha com os 19,41 milhões de euros no ano anterior.

A Fashion Retail comercializa os produtos da Zara, Bershka, Pull & Bear, Stradivarius, Uterqüe, Oysho, Massimo Dutti e Zara Home e desenvolve suas atividades na Espanha, Portugal, Itália, Polônia, Áustria, Dinamarca, Finlândia, Noruega, Suécia, Suíça, Romênia, Alemanha, França, Mônaco, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Reino Unido e Irlanda. Em 2016, ela expandiu para a Bulgária, República Tcheca, Eslováquia, Hungria, Croácia e Eslovênia.

Fruto da evolução natural da atividade de comercialização de vestuário, acessórios e artigos para casa, na qual nota-se uma "integração progressiva" dos diferentes canais de vendas para dar um melhor atendimento ao cliente, é previsível, segundo a companhia, que ao longo deste ano a atividade comece a ser desenvolvida pelas empresas que comercializam esses produtos em cada um desses países.

Essa integração já ocorreu na Grécia em 2016, como aparece nas contas depositadas no Registro Mercantil, segundo informou o jornal El País na quinta-feira (19).

O presidente da Inditex, Pablo Isla, enfatizou recentemente "a força e a sustentabilidade" do modelo integrado de lojas físicas e online da empresa, que "continua demonstrando sua capacidade de crescimento ano após ano, com um compromisso com a criação de valor social e ambiental, e com uma notável capacidade de geração de emprego, especialmente na Espanha".

A Inditex registrou um lucro líquido de 1.366 milhões de euros no primeiro semestre de seu ano fiscal 2017-2018 (de 1 de fevereiro a 31 de julho), um aumento de 9% em relação ao mesmo período no ano anterior.

As vendas totalizaram 11.671 milhões de euros, um aumento de 11,5%, com crescimento positivo em todas as cadeias e em todas as áreas, enquanto as vendas em lojas comparáveis ​​cresceram 6%, e a taxas de câmbio constantes, 11%.
 

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.

Moda - Pronto-a-vestirDecoraçãoNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER