×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de ago. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Inditex adere ao consórcio de reciclagem de plásticos Whitecycle

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de ago. de 2022

Dezesseis entidades europeias, tanto públicas como privadas, estão unindo forças em um novo consórcio, Whitecycle. O consórcio tem como objetivo coordenar e desenvolver a reciclagem de plásticos complexos de base têxtil. A gigante espanhola de vestuário, Inditex, o especialista em reciclagem orgânica Carbios e o grupo francês Michelin estão entre os participantes da iniciativa.


AInditex adere ao consórcio de reciclagem de plásticos Whitecycle - Shutterstock


Já anunciado em 9 de agosto, o encontro tem como objetivo alcançar os objetivos da União Europeia (UE) para 2030 em matéria de emissões de CO2. O consórcio estima que até ao final da década, a adoção de soluções circulares permitirá a reciclagem de mais de dois milhões de toneladas de PET (composto criado pela indústria têxtil em 1940 para fazer resíduos complexos contendo têxteis com mistura de algodão) por ano e a redução das emissões locais de CO2 em dois milhões de toneladas.
 
"O PET de pneus em fim de vida, canos e vestuário multicamadas é atualmente difícil de reciclar, mas isto poderá mudar em breve graças aos resultados do projeto", diz a declaração conjunta. "As matérias-primas provenientes do processamento de resíduos de PET poderiam ser reintroduzidas na criação de produtos de alto desempenho, através de uma cadeia de valor circular sustentável".

O consórcio tem um orçamento global de 9,6 milhões de euros, com um financiamento da UE de cerca de 7,1 milhões de euros. A Michelin será responsável pela coordenação das operações, uma vez que o consórcio operará a partir de cinco países: França, Espanha, Alemanha, Noruega e Turquia.
 
Para além da Inditex e da Carbios, os parceiros industriais do consórcio incluem a Michelin, Mandals e Kordsa, especialistas em gestão de resíduos Synergies LC e Estato, o sistema de seguimento de triagem Iris, e o especialista em análise do ciclo de vida do produto Ipoint. A eles juntam-se cinco universidades (HVL, PPRIME, Université de Poitiers / CNRS, DITF, IFTH e Erasme), o cluster de competitividade Axelera, e a empresa de consultoria de gestão de projetos Dynergie.
 
Quatro áreas de inovação estão atualmente a ser discutidas: o desenvolvimento de tecnologia de triagem capaz de massificar fluxos, pré-tratamentos e processos baseados em enzimas para quebrar materiais de forma sustentável, a formação de plásticos semelhantes aos novos através da (re)polimerização de monomeros reciclados, e ferramentas para a fabricação e verificação de produtos recentemente criados.
 
A reciclagem de materiais tornou-se um dos principais campos de pesquisa para a indústria têxtil europeia, que sonha em eventualmente encontrar um depósito maciço de materiais locais para explorar. Na primavera, a confederação europeia Euratex anunciou a primeira fase do seu projeto europeu de centros de reciclagem de têxteis, Rehub.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.