Inbrands e Restoque anunciam fim das discussões sobre possível fusão

A Restoque, empresa de marcas de moda como Le Lis Blanc, Dudalina e Rosa Chá e a InBrands, holding que controla grifes como BOBSTORE, Ellus, Richards, VR, dentre outras, anunciaram ao mercado por meio de um comunicado conjunto que encerraram as discussões sobre a possível combinação dos negócios, "uma vez que não foram alcançadas condições mutuamente aceitas entre as partes", esclareceram as companhias.

Visual Ellus 2nd Floor, uma marca de propriedade da Inbrands. - Foto: Ellus 2nd Floor | Facebook

A intenção inicial, anunciada a 2 de junho, era fundir os dois negócios. Se acontecesse, as empresas formariam um conglomerado de marcas de moda de mais de R$ 2,7 bilhões à época.

Segundo o memorando primeiro assinado pelas empresas, elas trabalharam num processo de 'Due Diligence' recíproco, quer dizer, uma avaliação da oportunidade de negócios, bem como na discussão sobre aspectos jurídicos e econômicos da operação que não vingou.
 
Não ficou claro, no entanto, no comunicado qual foi a posição do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), já que, no memorando de intenção inicial, as empresas advertiam que enviariam previamente a operação ao órgão.
 
Quanto aos números do segundo trimestre de 2016 das empresas, enquanto a Restoque sofreu um prejuízo líquido de 12,8 milhões de reais no período, contrastando com o lucro líquido de 1,7 milhão no mesmo intervalo do ano anterior, a Inbrands amargou um prejuízo líquido de 43,5 milhões de reais face a um prejuízo de 10,4 milhões no mesmo período de 2015.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER