×
Publicado em
25 de fev. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Havaianas registra aumento de 25,7% na receita líquida em 2021

Publicado em
25 de fev. de 2022

Havaianas, marca de sandálias líder em calçados abertos, que pertence ao grupo calçadista Alpargatas, encerrou 2021 com receita líquida total de 3.912,6 milhões de reais, um aumento de 25,7% em relação ao ano anterior. 


Havaianas


As exportações cresceram 41,5%, atingindo 32% do total de vendas, totalizando 1.244,8 milhões de reais. Por seu lado Havaianas Brasil registrou receita de 2.667,7 milhões de reais, aumento de 19,5% devido ao crescimento de 10,2% do volume e aumento de 8,4% do preço/mix, informou a empresa em comunicado.

O volume total anual de pares aumentou 13,0%, totalizando 260 milhões, um recorde histórico, segundo a companhia. Havaianas International atingiu 31,3 milhões pares vendidos, um aumento de 38,8% em relação a 2020, enquanto Havaianas Brasil registrou 228,8 milhões de pares, um aumento de 10,2%. A margem bruta foi de 50%, (-2pp vs. 2020) e o EBITDA recorrente 723 milhões de reais (+17% vs. 2020). 

As vendas online (DTC + B2B) de Havaianas, que é comercializada em mais de 130 países e atua diretamente em mais de 20, aumentaram 17% no ano passado, sendo +19% nas internacionais, que passaram a representar 39% da receita líquida de Havaianas Internacional.

Para a Alpargatas, em 2021, a receita líquida atingiu o recorde histórico de 3.948,6 milhões de reais em 2021, alta de 25,6%, impulsionada pelo crescimento de volumes (12,0%), além das iniciativas de RGM (Revenue Growth Management), com um aumento de preço por par de 11,3%. O EBITDA societário atingiu 750,0 milhões de reais (+76,3%), com expansão de margem de 5,5pp.  A margem bruta consolidada do grupo cresceu +8,4%, principalmente pela contribuição do mercado internacional, pelo RGM e o aumento de preço, que compensaram o aumento dos preços das matérias-primas (+26% vs. 2020). 

Quanto ao lucro líquido consolidado, este aumentou 445,8% em relação ao ano anterior, atingindo 692,6 milhões de reais. Havaianas explicou que o crescimento se deve ao aumento do resultado operacional (EBITDA) e pelas reduções dos itens não recorrentes de EBITDA, resultados financeiros decorrentes da liquidação da dívida relacionada à Covid-19 (86,6 milhões de reais), da variação cambial do contas a pagar para a marca americana Rothy ́s (59,0 milhões de reais) - cujo anúncio de aquisição foi feito em dezembro - , bem como das operações descontinuadas. 

Em seu relatório dos resultados financeiros, a Alpargatas destacou que seus pilares estratégicos englobam priorizar mercados e segmentos de alto potencial, com expansão global da marca Havaianas nos mercados do Brasil, Europa (foco em Itália, França, Espanha, Inglaterra), EUA e China; aceleração digital, com contínuo crescimento das vendas online; expansão em novos segmentos por meio de inovação em escala; e desenvolvimento de soluções de sustentabilidade.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.