×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de mai. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Gucci vai realizar seu próximo desfile em Los Angeles em novembro

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de mai. de 2021

A Gucci irá realizar seu próximo desfile no início de novembro em Los Angeles, Califórnia. A marca florentina não se apresenta nos Estados Unidos há seis anos.


Gucci vai realizar seu próximo desfile em Los Angeles - Foto: Shutterstock


Para comemorar o centenário da marca, o diretor criativo Alessandro Michele decidiu apresentar o próximo desfile da Gucci em Los Angeles na quarta-feira, 3 de novembro, confirmou a empresa na segunda-feira (10). A mostra coincide com a 10ª LACMA Art + Film Gala, marcada para 6 de novembro, na qual Gucci é a patrocinadora fundadora e apresentadora.
 
Em 2015, Michele levou para Nova York a sua coleção de estreia Cruise for Gucci, apresentando-a na Dia-Art Foundation. A mudança para a Costa Oeste ressalta a importância de Los Angeles para Michele e Gucci.

"Los Angeles é uma cidade que continua fornecendo uma fonte constante de inspiração e que tem desempenhado um papel importante nos 100 anos de história da Gucci", disse a empresa italiana em um comunicado.
 
A maison destacou que a exibição no LACMA (Los Angeles County Museum of Art) é parte da "continuação da série de eventos e apresentações do ano do seu centenário".
 
No mês passado, Michele comemorou o 100º aniversário da marca com um vídeo estelar intitulado "Aria", que incluiu desfiles e trocadilhos visuais sobre o fundador da marca, Guccio Gucci, juntamente com uma união com Balenciaga, grife que, assim como a Gucci, pertence ao grupo francês de luxo Kering.


Gucci Aria


A Gucci já havia planejado apresentar a coleção Cruise do ano passado em San Francisco, em maio de 2020, antes da pandemia a obrigar a cancelar o evento.
 
Michele costuma realizar os desfiles da Gucci em locais icônicos e centros de arte. O designer romano levou a Gucci em lugares como os claustros da Abadia de Westminster para um show de estrelas de rock da Rainha Elizabeth I; a Galeria Palatina, em Florença; o Museu Capitolino, em Roma, e a Promenade Des Alyscamps, em Arles.
 
Porém, em abril de 2020, Michele anunciou via Instagram que saltaria a programação oficial de desfiles em Milão. “Vou abandonar o ritual desgastado das estações e dos desfiles para recuperar uma nova cadência, mais perto do meu apelo expressivo. Nos reuniremos apenas duas vezes por ano, para compartilhar os capítulos de uma nova história. Capítulos irregulares, alegres e absolutamente livres, a serem escritos mesclando regras e gêneros, alimentando-se de novos espaços, códigos linguísticos e plataformas de comunicação”, escreveu Michele na ocasião.
 
Com a medida, a Gucci se tornou a segunda maison dentro do gigantesco grupo de luxo Kering a abandonar a temporada internacional de passarelas tanto em Milão quanto Paris. Ela se juntou à Saint Laurent, a maior marca francesa da Kering, que não se apresenta em Paris há várias épocas.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.