×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de mai de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Gucci participa do leilão Proof of Sovereignty da Christie's com curadoria NFT

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
27 de mai de 2021

A experimentação da Gucci no mundo digital – desde a moda ao marketing – estendeu-se a um novo terreno, com a anunciação do primeiro NFT da Gucci, no leilão online de estreia da Christie's denominado Proof of Sovereignty, o qual se inspira no filme de moda codirigido pelo diretor criativo da Gucci Alessandro Michele e pela premiada fotógrafa e diretora Floria Sigismondi.


Primeiro NFT da Gucci, uma obra de arte única concebida com animação digital, desenhada a partir do filme Gucci Aria da última coleção de moda da maison - Foto: Christie's


NFT (ou Non-Fungible Token) é um registro digital que certifica um bem digital como sendo único. E o Proof of Sovereignty é o novo projeto da empresa de leilões Christie's, que quebra o caminho da arte e cultura digitais.
 
O leilão ao vivo, é realizado online de 25 de maio a 3 de junho e "reúne 19 novos artistas multimídia que utilizam tecnologia de cadeias de bloqueio, bem como metadados, armazenamento e normas legais que têm estado praticamente ausentes de milhões de obras de arte associadas a NFT's até o momento", disse a Gucci em comunicado.

Visto como um diálogo entre a arte digital dos séculos 20 e 21, o Proof of Sovereignty inclui o praticante mais venerado da arte digital, o falecido e grande Nam June Paik, artista sul-coreano que trabalhou em diversos meios de arte, sendo frequentemente creditado pela descoberta e criação do videoarte; juntamente com artistas das novas mídias, como Marguerite de Courcelle, também conhecida como Coin Artist; Joshua Davis, conhecido como Praystation; Claudia Hart, Lethabo Huma, KESH, e Tamiko Thiel.
 
Artistas estabelecidos como Jenny Holzer e Gerald Laing Estate também fazem parte da seleção, enfatizando a importância do emergente mercado NFT. A escolha dos talentos foi comissariada por Lady PheOnix, uma das vozes mais respeitadas no panorama dos novos meios de comunicação de hoje, que apresenta a venda com curadoria especializada tanto do legado único como de obras de arte recentemente criadas vendidas com NFT's.
 
"Coerente com a sua filosofia test-and-learn digital-first, a Gucci estará presente com o seu primeiro NFT: a obra de arte única foi concebida, utilizando animação digital desenhada a partir do Gucci Aria que exibe a última apresentação da coleção de moda da maison, um filme de moda codirigido pelo diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele, e pela premiada fotógrafa e diretora Floria Sigismondi", informou a Gucci no comunicado.
 
A escolha da Christie's para este passo não deve ser uma surpresa. Fundada em 1766 por James Christie – e uma das empresas de arte mais importantes do mundo – a Christie's é hoje controlada por François Pinault – o empreendedor bilionário francês, fundador, acionista e presidente honorário do grupo Kering, o gigante francês do luxo proprietário da Gucci, Yves Saint Laurent, Balenciaga e Bottega, entre outras marcas.
 
Na opinião de Michele, a obra de arte subjacente ao NFT aborda a mensagem abrangente da Aria, "a de um anseio de florescer e reflorescer depois de a sombra do inverno ter passado". O conto visual da marca Florentine registra um momento histórico, trazendo a Gucci para um novo espaço midiático e oferecendo novos significados para a introdução do diretor criativo à coleção: "O mito da fundação é habitado de novo, à luz do presente".
 
Para muitos observadores do luxo, a estratégia de marketing da Gucci visa especificamente a Geração Z, um grupo de consumidores com aparentemente baixo poder de compra mas com grande influência, e esperemos que no futuro tenha um peso de gastos elevado. Entre as suas ousadas jogadas digitais, a Gucci criou versões virtuais das coleções e produtos para esportes como o Tennis Clash, plataformas como o Roblox, jogos de vídeo com tema de moda Drest e para aplicativos de Chat VR, onde os usuários podem vestir os seus avatares com produtos Gucci.
 
A Gucci planeja doar todas as receitas à UNICEF USA em apoio à participação da UNICEF no COVAX (Acesso Global às Vacinas da Covid-19), uma iniciativa da OMS, da Aliança Gavi e da CEPI que trabalha para a aquisição e posterior distribuição de vacinas contra a doença de COVID-19 para os países mais pobres do planeta.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.