×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
21 de nov de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Gucci modifica o seu organograma europeu

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
21 de nov de 2019

Gucci transforma a sua equipe de direção. Há alguns dias, a gigante italiana do luxo confirmou ter promovido Beniamino Marini à liderança da direção da comunicação. Mas, a estrela do grupo Kering também repensou a sua direção na Europa. Gianfilippo Testa, que liderava as atividades da Gucci na Grande China, regressou à Europa. Após 12 anos na Fendi, onde alcançou o cargo de presidente da região da Grande China, o dirigente ingressou na Gucci no continente asiático em 2016.



Atualmente, trabalha na zona da Europa, Médio Oriente e África, que era presidida desde 2015 por Giovanni Baldi, membro leal da casa florentina. A FashionNetwork.com soube que Gianfilippo Testa assumiu diretamente algumas das prerrogativas de Giovanni Baldi. Desde o início de outubro, preside as entidades britânica e francesa da Gucci, de acordo com os documentos administrativos arquivados em cada país.
 
Ao ser contactado, o grupo Gucci recusou-se a comentar estas mudanças e a especificar a alcance exato da missão de Gianfilippo Testa.

Antigo auditor da Ernst & Young, Giovanni Baldi ingressou no Gucci Group em 2000. Evoluindo no departamento de controle e finanças da Gucci, assumiu o cargo de diretor financeiro da zona EMEAI em 2011, antes de assumir a presidência da região em meados da década.

A Gucci, liderada pelo seu presidente e CEO Marco Bizzarri, vê o seu crescimento desacelerar este ano, após saltos impressionantes nos anos anteriores. No entanto, o seu volume de negócios aumentou 13,3% entre julho e setembro (+10,7% numa base comparável). A Gucci alcançou um volume de negócios de 8,8 bilhões de euros em 2018.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.