×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
14 de jul. de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Gucci mantém primeiro lugar no Lyst Index

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
14 de jul. de 2021

A marca de luxo italiana Gucci foi nomeada pelo Lyst Index como a mais popular da moda pelo quarto trimestre consecutivo, com a volta dos estilos de vestuário para viagens e lazer também identificados como as principais tendências trimestrais.

No ranking trimestral das marcas e produtos mais populares da moda, que analisa o comportamento de compras online de mais de cinco milhões de compradores por mês, o Lyst Index elegeu para o segundo trimestre de 2021 um top três em grande parte inalterado quando comparado com o primeiro trimestre. As avaliações foram calculadas utilizando dados dos próprios compradores do aplicativo Lyst, com base em pesquisas Google e estatísticas de engajamento nas redes sociais.
 

Gucci ficou em primeiro lugar no Lyst Index pelo quarto trimestre consecutivo - Instagram: @gucci


Atrás da Gucci está a Dior, em segundo lugar, enquanto a marca de roupa esportiva Nike conquistou a terceira posição. No trimestre anterior, as posições da Dior e Nike foram invertidas, com a marca americana de roupa esportiva ocupando o segundo lugar, seguida da Dior, em terceiro.
 
A Louis Vuitton, por outro lado, subiu do sétimo para o quarto lugar, seguida da Prada, que também subiu de sexto para quinto entre o primeiro e o segundo trimestre, graças, em parte, ao sucesso de uma série de produtos aprovados por influencers que marcaram tendências ao longo do trimestre.

Em contraste, a Balenciaga e Moncler caíram ambas para classificações mais baixas durante o segundo trimestre, com a primeira passando do quarto para o sexto lugar, e a segundo descendo duas posições, terminando em sétimo lugar, em comparação com o quinto lugar no trimestre anterior.
 
A Bottega Veneta e Saint Laurent mantiveram-se estáveis na oitava e nona posições, enquanto a Versace subiu da 11.ª para a 10.ª posição, superando a Off-White, que caiu para a 13.ª posição.
 

Biquíni com estampa de zebra da The Attico - [email protected]_attico


Mais genericamente, a vacinação e a redução dos lockdowns em mercados-chave levou a um aumento da procura de estilos de roupa, bem como de artigos associados a viagens ou lazer, à medida que os consumidores retornaram às atividades sociais. A procura por vestidos aumentou 371% no segundo trimestre em comparação com o mesmo período em 2020, enquanto a busca por óculos de sol aumentou 198%.
 
A diminuição das restrições de saúde e segurança também implicaram no ressurgimento de mais eventos e desfiles de moda, e as celebridades tiveram uma influência notável no ranking dos produtos mais populares da Lyst.
 
A modelo americana Hailey Bieber (filha do ator americano Stephen Baldwin, neta materna do cantor brasileiro Eumir Deodato e mulher do cantor canadiano Justin Bieber), assim como a cantora, compositora e modelo britânica Dua Lipa (filha de Dukagjin Lipa, antigo vocalista de uma banda de rock no Kosovo, o seu país natal, que é hoje CEO de uma agência de comunicação na Inglaterra), por exemplo, ajudaram a impulsionar o biquíni com estampa de zebra da The Attico para a sexta posição no ranking dos produtos femininos mais populares, uma vez que ambas foram vistas usando a peça. O vestido estampado da Rodarte também recebeu um impulso da modelo californiana Kendall Jenner e da cantora americana de origem mexicana Selena Gomez, que foram vistas com a peça.
 
Os gostos da rapper afro-americana Cardi B, da modelo e empresária californiana Kylie Jenner e da cantora afro-americana Doja Cat ajudaram a impulsionar a popularidade de peças como as leggings Fuseaux Moonfish da estilista francesa Marine Serre e o body da Mugler, que acabaram em quinto e nono lugares, respectivamente, no ranking de produtos femininos mais buscados.
 

Selena Gomez com o vestido da Rodarte apresentado no vídeo da canção intitulada 'De Una Vez' - Instagram @selenagomez


Em geral, o produto feminino mais procurado foi o tênis Nike Air Force One, seguido da bolsa mini Jodie da Bottega Veneta, o chapéu Le bob Artichaut da Jacquemus, e um top em jeans orgânico da Prada. Entre os produtos masculinos, a Adidas ficou em primeiro lugar com os seus Adidas Yeezy Slides, enquanto os óculos de sol Virgil da Off-White ficaram em segundo, seguidos pelos tênis PRAX 01 da Prada, os calções de banho Barocco da Versace e os óculos de sol Futuristic da Dior.
 
Os homens também lideraram o crescimento na tendência da moda de gênero fluido no trimestre, com uma saia plissada Thom Browne sendo o décimo produto masculino mais popular. No geral, houve um aumento de 46% nas pesquisas relacionadas à moda sem gênero no trimestre.

Roupas com fluidez de gênero são uma tendência particularmente forte na Geração Z, que está cada vez mais definindo a agenda da moda. No segundo trimestre, eles ajudaram a impulsionar um aumento de 214% em relação ao trimestre anterior na demanda por calçados de borracha e resina, com os chinelos de resina Adidas Yeezy no topo da lista dos produtos masculinos mais populares e as sandálias de borracha Gucci no sétimo lugar no ranking de produtos femininos.

Às vezes, as tendências começam a aparecer no TikTok, a rede social preferida da Geração Z, antes de migrar para outras plataformas e mainstream. Na verdade, como a Lyst observou, o crescimento do digital foi acelerado pela pandemia e as marcas agora estão explorando o canal de maneiras novas e criativas.

Durante o segundo trimestre, um moletom vinculado ao NFT foi vendido por US $ 26.000, por exemplo, enquanto a Gucci se juntou a um número crescente de marcas de moda que estão explorando o mundo dos jogos, abrindo um jardim virtual na plataforma de jogos online da Roblox.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.