×
Por
Ansa
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de mar de 2021
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Gucci abre seu arquivo histórico para filme de Ridley Scott

Por
Ansa
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de mar de 2021

A marca italiana de luxo, Gucci, liberou seu guarda-roupa e seus acessórios para as gravações do filme "House of Gucci", dirigido pelo renomado cineasta britânico Ridley Scott e protagonizado por Lady Gaga e Adam Driver. 


Ansa


O filme é baseado no livro Sara Gay Forden, “Casa Gucci: Uma História de Glamour, Cobiça, Loucura e Morte”, que conta a história do assassinato de Maurizio Gucci em 1995, aos 47 anos, a mando de sua ex-esposa, Patrizia Reggiani.

As gravações de “House of Gucci”, que também conta com um elenco estelar que inclui Al Pacino, Jared Leto, Jeremy Irons, estão a todo vapor na Itália, atualmente na região da Lombardia.

Recentemente, Patrizia Reggiani (condenada a 26 anos de cadeia pelo assassinato) e Patrizia Gucci (filha de Paolo Gucci, bisneta do fundador da Gucci) fizeram críticas ao filme. Reggiani, que será interpretada por Lady Gaga, manifestou em entrevista concedida à agência italiana Ansa seu descontentamento por Lady Gaga não tê-la procurado antes de aceitar o papel. 

House of Gucci, que está sendo realizado pela Mgm e a Scott Free Productions, está previsto para ser lançado em 24 de novembro deste ano nos Estados Unidos.

Copyright © 2021 ANSA. Todos os direitos reservados.