×
167
Fashion Jobs
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
30 de set de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Grupo Neiman Marcus emerge da falência

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
30 de set de 2020

O Grupo Neiman Marcus emerge do Chapter 11 (Lei de Falências dos Estados Unidos), após recorrer ao mesmo no auge da pandemia de Covid-19, em maio.


Instagram @neimanmarcus


A empresa varejista com 113 anos de história, que também opera a Bergdorf Goodman, anunciou que eliminou mais de 4 bilhões de dólares de sua dívida existente e mais de 200 milhões de dólares de despesas financeiras com juros anuais por meio de seu plano de reestruturação. Seus novos proprietários incluem PIMCO, Davidson Kempner Capital Management e Sixth Street. Quando recorreu ao Chapter 11, a empresa estava com uma dívida de cerca de 5 bilhões de dólares em dívidas.

A Neiman Marcus também anunciou a criação de um novo conselho de administração, que inclui Pauline Brown, ex-presidente da América do Norte da LVMH; Pamela Edwards, ex-CFO das divisões da L Brands, Mast Global e Victoria's Secret; e Kris Miller, ex-diretor de estratégia do Ebay, entre outros. Geoffroy van Raemdonck permanecerá como CEO da empresa.

"Com a implementação bem-sucedida de nossa reestruturação, Neiman Marcus e Bergdorf Goodman continuarão sendo fortes destinos de compras de luxo nos próximos anos", disse van Raemdonck. "A interrupção sem precedentes dos negócios causada pela Covid-19 apresentou muitos desafios, mas também nos deu a oportunidade de reimaginar nossa plataforma e melhorar nossos negócios. Saímos do Chapter 11 como varejista, parceiro de marca e empregador mais forte e inovador", ressaltou.

Os novos proprietários de Neiman Marcus estão financiando um pacote de 750 milhões de dólares que refinancia totalmente o empréstimo do devedor em posse. Além disso, a empresa disse que garantiu um mecanismo FILO de 125 milhões de dólares administrado pela Pathlight, cuja receita irá refinanciar a dívida existente e fornecer liquidez para apoiar as operações contínuas e iniciativas estratégicas da empresa.

O financiamento do empréstimo a prazo de saída e o mecanismo FILO somam-se à liquidez fornecida pelo ABL de 900 milhões de dólares liderado pelo Bank of America e um consórcio de bancos comerciais, disse a empresa.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.