×
1 047
Fashion Jobs
GRUPO BOTICARIO
Analista Key User Iii - Supply Gestão de Pedidos
Efetivo · Curitiba
GRUPO BOTICARIO
Analista de Inteligência de CRM Iii
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Analista de CRM ii - o Boticário
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Analista de CRM Iii
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Especialista ii - Insights e CRM
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Analista de CRM ii – Venda Direta (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Analista fp&a i - Gestão de Verbas Comerciais
Efetivo · São José dos Pinhais
RENNER
Product Owner (po) - Omnichannel
Efetivo · São Paulo
FARFETCH
Product Manager (Ecommerce Experience) - Farfetch Platform Solutions
Efetivo · SÃO PAULO
MARISOL
Analista de CRM - São Paulo
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Gerente sr Comercial Lojas Boti (Nordeste)
Efetivo · Brasília
RENNER
Content & Performance Manager
Efetivo · São Paulo
VIVARA
Analista de Compliance Senior
Efetivo · São Paulo
MARISOL
Analista de CRM
Efetivo · Jaraguá do Sul
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace – Onboarding de Sellers
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace - Atendimento e Pós-Vendas
Efetivo · São Paulo
RENNER
Coordenador de CRM
Efetivo · São Paulo
VIVARA
Designer
Efetivo · São Paulo
RENNER
Assitente de Vendas
Efetivo · Brasília
CAEDU
Operador de Loja
Efetivo · São Paulo
FARFETCH
Service Manager - Farfetch Platform Solutions
Efetivo · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Marketing - Branding
Efetivo · Guaramirim
Por
EFE
Publicado em
2 de dez. de 2013
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Governo Argentino vai aumentar os impostos sobre os bens de luxo

Por
EFE
Publicado em
2 de dez. de 2013

Buenos Aires – O Governo argentino enviou à Câmara de Deputados um projeto de lei para aumentar os impostos sobre os bens de luxo, como automóveis de luxo, embarcações e aviões, para "desincentivar" sua aquisição, informaram fontes oficiais.

A iniciativa leva as assinaturas da presidenta argentina, Cristina Elisabet Fernández de Kirchner, do chefe de Gabinete, Jorge Capitanich, e dos ministros da Economia, Axel Kiciloff, e da Indústria, Débora Giorgi.

Bolsa da maison francesa de luxo Louis Vuitton


Ainda que esses bens de luxo já paguem impostos internos na Argentina, o projeto enviado à Câmara Baixa pretende aumentar de maneira considerável a alíquota, quando a operação envolver a compra desses produtos importados, cujos preços superem os 170.000 pesos (cerca de 65.000 reais).

Em uma coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira (29) na Casa Rosada, Capitanich anunciou que será enviado à Câmara dos Deputados o projeto de lei e apontou que "os que quiserem comprar bens de luxo" devem ficar sabendo que "vão pagar mais".

Além disso, ele antecipou que vai haver novos acordos de preços antes das festas de final de ano, seguindo com a política aplicada ao longo do ano pelo secretário de Comércio Interior, Guillermo Moreno, para tentar frear a inflação, que já supera os 25%, segundo consultorias privadas, 15 pontos percentuais acima dos valores oficiais.

As chamadas para diálogos e as coletivas de imprensa do novo chefe de Gabinete marcam um forte contraste em relação aos métodos de seu antecessor, Juan Manuel Abal Medina.

O renovado Governo com o qual a presidente Cristina Kirchner vai encarar a reta final de seu último mandato inclui também Axel Kicillof, como novo ministro da Economia, e Carlos Casamiquela, como titular da pasta de Agricultura, Pecuária e Pesca.

Foto: Divulgação

© EFE 2023. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos dos serviços Efe, sem prévio e expresso consentimento da Agência EFE S.A.