×
Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de jan. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Givaudan se beneficia com recuperação da perfumaria em 2021

Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de jan. de 2022

A empresa suíça especializada em perfumes e aromas, Givaudan, comunicou na sexta-feira (28) que registrou um aumento no seu faturamento em 2021, graças à recuperação da alta perfumaria e dos ingredientes cosméticos.


AFP


Seu lucro líquido aumentou 10,5% ano-a-ano, atingindo 821 milhões de francos suíços (791,66 milhões de euros), enquanto o faturamento cresceu 5,7%, para quase 6,7 bilhões de francos. Embora o faturamento tenha se mantido em linha com as previsões, o lucro ficou abaixo do estimado pelos analistas consultados pela agência suíça AWP, que esperavam uma média de 870 milhões.

O crescimento das vendas no ano passado foi impulsionado por uma forte recuperação na alta perfumaria, com +22,5%, após este segmento ter sido atingido no ano anterior pelo fechamento de lojas duty-free devido à queda nas viagens como resultado da pandemia. 

Os ingredientes cosméticos registraram aumento de 14,2%, após +2,5% em 2020. Por outro lado, a divisão de fragrâncias, que também inclui aromas para produtos de lavanderia e de cuidados pessoais, observou um crescimento de 5,8% nas vendas, para 3 bilhões de dólares, uma vez que a queda na alta perfumaria foi compensada pelos ingredientes para sabonetes, produtos de cuidados pessoais e detergentes.

A divisão de aromatizantes para alimentos e bebidas registrou um aumento e 5,7% nas vendas, impulsionado pela demanda por proteínas vegetais, à medida que as alternativas de carne e laticínios se tornam mais populares.

"A Givaudan preservou um bom ritmo de negócios e conseguiu manter a atividade e a cadeia de suprimentos, apesar dos desafios constantes em determinadas áreas.", declarou o grupo suíço em comunicado.

Diante da pressão de custos e tensões nas cadeias de suprimentos, a empresa comunicou que pretende aumentar seus preços e confirmou seus objetivos de médio prazo, que continuam apontando para um crescimento do faturamento entre 4 e 5% ao ano até 2025. A Givaudan também disse que aumentará seu dividendo em 3,1% referente ao ano passado, para até 66 francos suíços por ação.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.