×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
3 de set. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

G-III: vendas se beneficiam do aumento da procura por lifestyle

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
3 de set. de 2021

O G-III Apparel Group, Ltd., o grupo proprietário da DKNY, com sede em Nova York, anunciou um aumento de 62,5% nas vendas do segundo trimestre. A forte demanda pelas roupas casuais do grupo foi acompanhada pelo crescimento em todas as categorias de lifestyle.


As vendas da G-III subiram 62,5% no segundo trimestre - Instagram: @dkny

 
No segundo trimestre, encerrado em 31 de julho de 2021, o grupo registrou vendas líquidas de 483,1 milhões de dólares, em comparação com 297,2 milhões no mesmo período do ano anterior, quando a empresa foi afetada pelas interrupções relacionadas com a crise da Covid-19.
 
Segundo o presidente e CEO da G-III, Morris Goldfarb, este progresso foi impulsionado por uma combinação de fortes vendas de roupa casual e um aumento na demanda por outras categorias de lifestyle, incluindo vestidos e roupa de trabalho, já que os consumidores voltaram tanto ao trabalho como aos eventos sociais. Juntamente com a DKNY e a Donna Karan, o portfólio da G-III abrange mais de 30 marcas próprias e sob licença, incluindo marcas como Calvin Klein, Tommy Hilfiger e Karl Lagerfeld Paris.

O lucro líquido do trimestre foi de 19,2 milhões de dólares, ou 0,39 dólares por ação diluída, em comparação com um prejuízo líquido de 15,0 milhões de dólares, ou 0,31 dólares por ação, no mesmo trimestre do ano anterior.

Goldfarb declarou em comunicado: "Conseguimos resultados excelentes no segundo trimestre, que excederam a nossa projeção tanto para a receita como para os resultados. Durante toda a pandemia, superamos os desafios graças às nossas equipes, que se mantiveram focadas em alcançar resultados positivos. Estamos animados com a forte demanda por roupa e acessórios que estamos vendo por parte dos consumidores.”
 
Nos primeiros seis meses do ano, as vendas líquidas da G-III totalizaram 1 bilhão de dólares, +42,8% em relação aos 702,3 milhões de dólares do primeiro semestre de 2020. O lucro líquido do período foi de 45,5 milhões de dólares, ou 0,92 dólares por ação diluída, em comparação com uma perda de 54,3 milhões de dólares, ou 1,13 dólares por ação diluída, no ano anterior.
 
Diante do seu desempenho mais forte do que o esperado no segundo trimestre, a G-III anunciou também que elevou a sua orientação financeira para o ano inteiro. A empresa espera agora que as suas vendas líquidas anuais totalizem aproximadamente 2,7 bilhões de dólares, enquanto o lucro líquido deve situar-se entre 155 e 165 milhões de dólares (3,10 e 3,20 dólares por ação diluída). A previsão anterior do grupo apontava para vendas de aproximadamente 2,57 bilhões de dólares e um lucro líquido entre 125 e 135 milhões de dólares (entre 2,60 e 2,70 dólares por ação diluída).
 
No terceiro trimestre, a G-III espera atualmente alcançar vendas líquidas de aproximadamente mil milhões de dólares e um lucro líquido na faixa de 80 a 90 milhões de dólares, ou 1,65 a 1,75 dólares por ação diluída.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.