Fundo de investimento QuattroR compra 60% da Trussardi

Depois de meses de intensas negociações, a família Trussardi vendeu a participação majoritária de sua marca homônima à QuattroR, um fundo de investimento italiano especializado em “reestruturar e relançar as PMEs italianas com dificuldades financeiras temporárias”. A operação agora está completa, embora o valor da transação não tenha sido divulgado.


Andrea Morante (à esquerda), Tomaso Trussardi (centro) eFrancesco Conte (à direita). - DR

Em um comunicado, ambas as partes mencionaram um aumento de capital de 50 milhões de euros para “fortalecer os ativos e a posição financeira” da empresa, que estava fortemente endividada. Em 2018, a Trussardi gerou uma receita de 150 milhões de euros. Em 2017, suas perdas foram de 5 a 6 milhões de euros. Com a falta de recursos suficientes, a empresa estava enfrentando dificuldades para se recuperar. Após a aquisição, o grupo chegou a um acordo com os bancos credores.

QuattroR, liderado pelo presidente Andrea Morante e diretor Francesco Conte, agora controla 60% da Trussardi, de propriedade até então pela holding Finos (100%), controlada pelo irmãos Tomaso e Gaia Trussardi, bem como sua mãe, Maria Luisa Gavazzeni. A estrutura acionária agora mudou, após a criação de uma nova holding, a Levriero Holding. QuattroR tem uma participação de 70% na Levriero Holding e Tomaso Trussardi detém os 30% restantes. Entre eles, eles detêm 86% da Finos, única acionista da Trussardi, e os 14% restantes pertencem à Maria Luisa Gavazzeni. Portanto, a QuattroR tem uma participação de aproximadamente 60% na Trussardi.

"A chegada do QuattroR dará à Trussardi os recursos econômicos e financeiros para implementar um novo plano de desenvolvimento internacional de cinco anos com Tomaso Trussardi, que assumirá o papel de presidente do conselho de diretores da empresa”, mencionaram as partes envolvidas no comunicado.

Até então, Tomaso Trussardi era o CEO do grupo. Bisneto do fabricante de luvas de luxo Dante Trussardi, que fundou a empresa em Bergamo em 1911, Tomaso é o último membro da família a ter um papel ativo na empresa. Em abril do ano passado, sua irmã Gaia deixou o cargo de diretora criativa que exerceu por cinco anos e vendeu sua participação na empresa, enquanto a outra irmã, Beatrice, vendeu sua participação em 2016 e continua se concentrando no negócio da família do setor imobiliário e na Nicola Trussardi Art Foundation.

Um plano de relançamento da Trussardi será apresentado em breve e uma nova equipe de gerenciamento sênior será selecionada. De acordo com o grupo, o objetivo é “fortalecer o posicionamento e a visibilidade da marca nas categorias de produtos que tornaram a Trussardi conhecida mundialmente”. O relançamento envolverá a diversificação da linha de produtos da Trussardi, especialmente em perfumes, trabalhando com o parceiro de fragrância da marca, o grupo Angelini.

A marca italiana está presente em 47 países com as linhas masculina e feminina de prêt-à-porter, Trussardi e Trussardi Jeans, e com licenças de produtos de relógios, decoração, fragrâncias, óculos, roupas infantis e muito mais. O grupo também opera o Trussardi Café e o restaurante Trussardi alla Scala, em Milão. A marca é distribuída através do seu próprio e-commerce, mais de 160 lojas na Europa e na Ásia, além de 1.800 revendedores multimarcas e concessões em lojas de departamento.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER