Fundação C&A anuncia uma parceria com a WWF na Índia

A fim de promover a proteção da biodiversidade, assim como melhorar as condições de vida dos agricultores em Índia, a Fundação C&A acaba de anunciar uma parceria com a seção local do WWF, organização mundial de proteção da natureza. O programa em questão tem por objetivo ajudar 6.000 agricultores indianos a obter a certificação bio para suas culturas de algodão antes do fim de 2018.

Índia é o segundo maior produtor mundial de algodão - cncotton.com

O projeto conjunto, que será implantado no centro do país, compreende formações para seus agricultores, para que estes possam melhorar a fertilidade dos campos agrícolas – e, portanto, aumentar os rendimentos e aprender a fabricar pesticidas e compostos naturais. Ao fim da sua formação, os agricultores obterão a certificação biológica, sinónimo de acesso ao mercado internacional do algodão biológico.
 
"Nossa perspetiva é manter a ecologia do corredor de Stapuda-Pench, ao mesmo tempo em que se melhora as condições de vida dos cultivadores de algodão, que desempenha um papel essencial na cadeia de valor da indústria da cultura do algodão", assim explicou Anita Chester, encarregada das matérias-primas sustentáveis na Fundação C&A.
 
A Fundação C&A foi criada em 2011 pelo grupo de moda holandês do mesmo nome, com objetivo de ajudar as comunidades locais. A Fundação procura sobretudo favorecer o abastecimento e produtos sustentáveis e apoiar uma gama de atividades que buscam melhorar o impacto socioambiental da cadeia de abastecimento têxtil.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirIndústria
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER