Festival de Hyères: diretor artístico da Schiaparelli presidente do júri

"Ouço dizer que a moda está morta. Festival de Hyères é a demonstração do contrário. A moda não está morta, ela está apenas super em forma!" É uma mensagem otimista que quis lançar Jean-Pierre Blanc, o diretor do festival, revelando na quarta-feira passada o nome do júri e dos finalistas que participarão da manifestação programada para decorrer de 27 de abril a 1º de maio próximos e que será presidido pela primeira vez por Pascale Mussard, néo-presidente da associação Villa Noailles, depois da saída de Didier Grumbach, que se torna presidente de honra.

Bertrand Guyon - Schiaparelli

Depois de Paco Rabanne e do seu diretor artístico, Julien Dossena, no ano passado, é a casa de moda histórica Schiaparelli que será a convidada de honra desta 32ª edição do Festival Internacional de Moda e de Fotografia – duas posições lhe serão consagradas –, ao passo que seu diretor artístico do estilo, Bertrand Guyon, presidirá o júri do concurso de moda.
 
"Há um vínculo quase natural entre a maison, que festeja seus 90 anos este ano, e a Villa Noailles, que recebe o festival, já que Elsa Schiaparelli por vezes vestiu Marie-Laure de Noailles, célebre mecenas, que fez junto com seu marido, Charles, o arquiteto Robert Mallet-Stevens construir o edifício nos anos 1920", explica Bertrand Guyon.
 
O júri de moda é bastante internacionalizado este ano. Ele é composto de 10 membros, dentre os quais a jornalista Sophie Fontanel, a diretora da grife Lesage, Murielle Lemoine, a criadora de joias Sabine Getty, ou ainda o fotógrafo inglês Max Vadukul. Com aproximadamente 300 candidaturas, o júri selecionou dez jovens criadores de oito nacionalidades diferentes.
 
"Alguns candidatos tinham as mesmas sensibilidades, o que foi muito difícil de separar. Mas tentamos encontrar um equilíbrio", aponta Bertrand Guyon.

Duas criações selecionadas para o concurso dos acessórios de moda. - Festivla de Hyères

Ao concurso de moda é acrescentado este ano pela primeira vez um concurso dedicado aos acessórios, que será presidido pelo criador de calçados Pierre Hardy. O "Pêmio Acessórios de moda Swarovski", patrocinado pela especialista nos cristais, será dotado de 15.000 euros.
 
"Já havia tido um prêmio de acessórios no início, depois ele desapareceu. Agora, ele retorna. É verdade que os acessórios de moda ganharam destaque nesses últimos anos, mas não existe muitas formações neste nicho. De repente, este novo prêmio poderá ajudar a acompanhar a formação da jovem criação nos acessórios", destaca Jean-Pierre Blanc.
 
Dez jovens criadores de acessórios de cinco nacionalidades diferentes foram selecionados, dentre os quais seis vindos da França. "Temos calçados, joias, bolsas, óculos e um chapéu. De fato, a seleção se fez em torno de um objeto como evidência de um universo. Separamos os dez que nos pareciam mais pertinentes em relação ao que se passa em torno de nós", resume Pierre Hardy.
 
Outra novidade, um segundo prêmio dedicado à fotografia, graças à contribuição da marca marselhesa American Vintage, que se associa com o festival por três anos criando o "Prêmio da Fotografia American Vintage", dotado de 15.000 euros. O fotógrafo de moda britânico Tim Walker preside o júri fotográfico, que selecionou dez jovens fotógrafos de nove nacionalidades diferentes.

Traduzido por Anderson Alexandre Da Silva

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - AcessóriosLuxo - AcessóriosCriação
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER