×
179
Fashion Jobs
Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
13 de mai de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Ferragamo reforça vendas e reduz perdas no primeiro trimestre

Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
13 de mai de 2021

A marca de luxo italiana Salvatore Ferragamo  sofreu um prejuízo líquido de 0,6 milhões de euros no primeiro trimestre de 2021, num contexto "volátil" devido à pandemia de coronavírus, anunciou a empresa na terça-feira (11) através de um comunicado.


Salvatore Ferragamo primavera-verão 2021 - Salvatore Ferragamo


Este resultado é, no entanto, melhor do que o esperado pelos analistas, que apontavam para um prejuízo de 6 milhões de euros, de acordo com o fornecedor de informações financeiras Factset Estimates.
 
O prejuízo durante o mesmo período do ano anterior foi de 41 milhões de euros.

O volume de negócios no 1º trimestre de 2021 foi de 245 milhões de euros, um aumento de 10,3% face ao 1º trimestre de 2020, e superior às previsões da Factset Estimates, que estimavam 240,6 milhões de euros.
 
A Ferragamo encerrou 2020 com um prejuízo líquido de 72 milhões de euros, contra um lucro líquido de 87 milhões de euros no ano anterior.
 
A empresa de luxo florentina, que sofria de um problema de posicionamento de marca, viveu dois anos difíceis em 2017 e 2018, antes de começar a se recuperar em 2019, algo que foi travado pela pandemia.
 
A Ásia-Pacífico continua sendo o principal mercado do grupo, com mais de 51% das suas vendas. Na região, o volume de negócios da Ferragamo aumentou 51,7% a taxas de câmbio constantes em comparação com o primeiro trimestre de 2020.
 
Na China, em particular, as vendas do varejo no primeiro trimestre de 2021 aumentaram 128% a taxas de câmbio constantes em comparação com o primeiro trimestre de 2020.
 
A situação econômica continua "volátil devido à pandemia, ainda que esteja numa fase de recuperação gradual", acrescentou o comunicado.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.