×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de mar de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Femme fatale na Jil Sander e esquiadora olímpica na Thom Browne

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de mar de 2021

Sonho ou realidade? As imagens divulgadas pelos designers no domingo (7 de março) se destacaram pela beleza, revelando coleções intrigantes e desejáveis. Quer seja Jil Sander, com suas silhuetas fugazes e misteriosas, ou Thom Browne, com o seu conto de fadas esportivo e onírico, não deixaram de despertar a curiosidade do mundo da moda, neste sétimo dia da Semana da Moda de Paris virtual, através de dois vídeos muito sedutores.


A lady chic imaginada por Lucie e Luke Meier - Jil Sander


O curta-metragem apresentado pela Jil Sander, que acaba de ser adquirida pelo grupo de moda italiano OTB, tratou sobretudo das sensações. O grão da imagem criou uma atmosfera envolvente e misteriosa. As mulheres filmadas por Stephen Kidd, autor do filme publicitário "Dior J’adore" entre outros, aparecem entre a luz e a sombra, com os rostos escondidos a maior parte do tempo.

Calçando longas botas de couro napa, os braços enluvados no mesmo couro macio, a mulher sofisticada imaginada por Lucie e Luke Meier atravessa, sozinha, os cômodos de sua casa vazia, em longos vestidos esvoaçantes de desenho refinado, ora justo, ora volumoso.

Ela usa casacos compactos de lã e couro, de corte reto, ternos de corte impecável, camisas de seda plissadas ou até vestidos repletos de renda. Tudo em uma paleta de tons delicados: manteiga, creme, pó, malva, lilás, cardamomo.
 
Tudo é muito tátil. Tecidos amassados e pregueados, bordados, peles, flores com franjas em malha. A câmera focaliza os detalhes mostrados em close-up: os acabamentos de uma vestimenta, os materiais, uma parte do corpo em movimento e, principalmente, as joias importantes, que desempenham papel de protagonista nesta temporada. Tais como fileiras de pérolas brancas que cobrem todo o torso, como constituindo um peitoral precioso, e os colares em forma de grandes correntes.


A esquiadora profissional americana, Lindsay Vonn, conhecida como Rainha da Neve, queganhou quatro vezes a Copa do Mundo de esqui alpino - ph Jonathon Zadrzynski - Thom Browne Inc


Uma mudança de registro na Thom Browne, que nos mergulhou como de costume em seu mundo mágico através de um filme em preto e branco com o sabor de uma melodia retrô de Hollywood. Numa paisagem serrana e de pinheiros cobertos de neve, uma princesa com longas tranças loiras procura o caminho que a levará para casa, acompanhada por homens estilizados, cuja silhueta se repete em todo o guarda-roupa em forma de bordados ou estampas.
 
Enquanto a coleção inteira está disponível em preto e branco, equipada com botas e uma bolsa de ouro cintilante, esta Rainha da Neve fez-se inédita, fazendo sobressair um longo vestido drapeado em cetim dourado por cima do terno clássico com gravata borboleta, assim como o volumoso casaco acolchoado pendurado nas costas, ganhando a forma de um majestoso manto. Depois da despedida dos pequenos seres montanheses, ela sobe em sua carruagem transformada em helicóptero.
 
Ela pousa em uma nuvem alguns minutos depois, no topo de uma pista de neve no Monte Hector, no Canadá. A estrela do filme, dirigido por Clarissa Gallo, é Lyndsey Vonn, a super campeã olímpica americana de esqui. Ela larga o vestido na neve e, com capacete e luvas, vestida com um conjunto elegante Thom Browne, ela sai, com esquis nos pés, e se lança montanha abaixo.

O malicioso estilista americano teve a ideia de plantar seu modelos na neve, cruzando com o olhar da esquiadora a cada curva. Com os rostos escondidos por uma espécie de máscara de esgrima, vestindo trajes vitorianos refinados, calçando botas Mary Poppins ou botas de alpinismo, ele apresentam-se todos de preto.


Vestido com logotipos dos Jogos Olímpicos de Inverno - ph Jonathon Zadrzynski - Thom Browne Inc


Vestidos, saias e anáguas ganham destaque, com a cintura apertada nos espartilhos bordados. As silhuetas são o resultado de uma construção refinada que mistura materiais entre tafetá, seda, algodão, lã e jaquetas puffer esculturais, em um jogo habilidoso de plissados e drapeados. Laços gigantes, mangas bufantes, bordados delicados destacam-se nesses looks do século 19.

Destaque para um suéter tricotado à mão de proporções exageradas e suas jaquetas e vestidos de lã cobertos com remendos com os logotipos das várias cidades que já sediaram os Jogos Olímpicos de Inverno: Chamonix, Lake Placid, Oslo, Salt Lake City , Sapporo, Albertville, Torino, Cortina d'Ampezzo ...

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.