×
Publicado em
24 de fev de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Feiras calçadistas norte-americanas devem gerar US$ 4,5 milhões para marcas brasileiras

Publicado em
24 de fev de 2020

As 30 marcas calçadistas brasileiras que participaram do inédito Circuito de Promoção Comercial nos Estados Unidos, com participações nas feiras FN Platform (Las Vegas), Playtime (Nova Iorque), Sole Commerce/Footwear @Coterie/Children’s Club (Nova Iorque) e Atlanta Shoe Market (Atlanta), devem somar mais US$ 4,5 milhões às exportações brasileiras de calçados, conforme relatório gerado pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).


Marcas brasileiras apostam no aumento das exportações para os EUA - Divulgação


A coordenadora de Promoção Comercial da Abicalçados, Letícia Sperb Masselli, destaca que a estratégia de apoiar a participação em mais de uma plataforma comercial foi acertada, pois atingiu um leque maior de nichos do mercado norte-americano:

“O mercado dos Estados Unidos, além de gigante em termos financeiros – no ano passado importou o equivalente a US$ 26 bilhões em calçados -, é complexo, com a concorrência de grandes marcas internacionais. Portanto, quanto mais conseguirmos dividir esse mercado por nicho de atuação, maior a chance de sucesso na estratégia comercial”, explica Letícia.

Estreando em eventos no mercado norte-americano, a Smidt Shoes teve reuniões com grandes grupos, tanto dos Estados Unidos como de países da América Central, na FN Platform. “Estamos estruturando nossa operação nos Estados Unidos, em busca de um distribuidor. Mesmo assim, com a participação na feira, conseguimos atender a pedidos para boutiques de Ohio, Texas e Illinois”, conta Marcos Booz, representante de Exportação da empresa. 

A segunda parada do Circuito foi na Playtime, em Nova Iorque. Para Tatiana Fernandes , diretora de vendas da Tip Toey Joey, o resultado dos negócios ficou dentro do esperado, com o retorno de clientes antigos – essa foi a oitava participação da empresa – e abertura de novos. Porém, a melhor notícia, segundo ela, foi a identificação de parceiros para a participação em eventos locais no futuro. “O mercado norte-americano é muito difícil, é preciso ter consistência e investimento”, afirma.

A Vicenza, que participou pela quarta vez da Sole Commerce, saiu satisfeita com os resultados. A empresa, que teve também na FN Platform, recebeu importantes varejistas norte-americanos nas duas feiras, aumentando as possibilidades de entrada neste tipo importante de player. Estreando na Sole Commerce, a Guilhermina, abriu seis novos clientes nos Estados Unidos e fez um grande pedido para um cliente tradicional do Canadá. “A mostra foi muito boa, especialmente levando em consideração que foi a nossa primeira vez e em uma feira de outono-inverno, que geralmente não é tão forte como a de verão”, avalia Nathália Brocker, analista de Exportação da marca.

A gerente de marcas que representa a Petite Jolie nos Estados Unidos, Debbi Krovetz, ressalta que a participação da marca na Atlanta Shoe Market atendeu a alguns dos maiores grupos de varejo dos Estados Unidos, além de muitos compradores independentes. “Embora com uma visitação menor do que em edições anteriores, tivemos muitos pedidos e contatos importantes”, conta.

Considerado o principal consumidor de calçados do mundo, com consumo per capita de mais de 7 pares por ano, os Estados Unidos são o principal destino do calçado brasileiro no exterior e é mercado-alvo do Brazilian Footwear. No ano passado, os norte-americanos importaram 12 milhões de pares verde-amarelos, que geraram US$ 197,5 milhões, altas de 10,5% em volume e de 18,4% em receita no comparativo com 2018. A ação nas feiras norte-americanas foi realizada com o subsídio do Brazilian Footwear, programa de apoio às exportações de calçados mantido pela entidade calçadista em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), entre os dias 5 e 17 de fevereiro.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.