Farfetch reforça aposta no conteúdo com colaboração com a Gucci

No início deste ano, a Farfetch lançou a iniciativa Farfetch Communities, com conteúdos com curadoria de influenciadores e formadores de opinião. Agora, a plataforma de compras apresenta conteúdo criado em colaboração com marcas.


Farfetch

A "Farfetch and Gucci Open House" é descrita pelo marketplace de luxo como "uma colaboração de conteúdo storytelling de oito meses", que vai ao encontro do seu objetivo de apresentar um conteúdo mais rico aos consumidores.
 
A série leva os leitores para as casas e cidades dos fãs da Gucci em oito locais, com influenciadores de Paris, Milão, Tóquio, Chicago, Toronto, Los Angeles, Rio de Janeiro e Londres a partilharem as suas inspirações criativas e de moda de forma intimista.
 
“Com este projeto, a Farfetch e a Gucci entram nas casas da sua comunidade para explorar como a cidade e a cultura influenciam os seus estilos pessoais, observando as escolhas de moda de cada pessoa no contexto dos seus ambientes domésticos e urbanos, permitindo que os fãs da Gucci descubram novas peças de temporada da marca de uma maneira totalmente nova”, explicou a retalhista de artigos de luxo.
 
A colaboração deverá ser a primeira de uma série de associações com marcas de luxo para fornecer conteúdo original no site da Farfetch. A Gucci parece estar bem posicionada para dar o pontapé de partida na iniciativa, já que a marca italiana de luxo é parceira direta da Farfetch desde 2017 e ambas já se uniram numa série de projetos, incluindo o lançamento do serviço de entrega em 90 minutos da Farfetch. 

“Estamos entusiasmados por continuarmos a nossa bem-sucedida parceria de longa data com a Gucci com uma colaboração tão exclusiva. Os clientes da Farfetch de todos os cantos do mundo adoram a Gucci e usam os seus produtos de maneiras muito  diferentes e individuais. Ser capaz de os levar numa viagem pelas casas e cidades da nossa comunidade nos próximos oito meses é inspirador e entusiasmante”, disse Giorgio Belloli, diretor comercial e de sustentabilidade da Farfetch.

A Farfetch está entrando tarde no jogo dos conteúdos, estando atrás de rivais como a Net-A-Porter (que tem as revistas The Edit e Porter) e a Matchesfashion.com (que organiza palestras, masterclasses e eventos na sua casa, em Londres).

Os primeiros influenciadores apresentados no "Farfetch and Gucci Open House" são uma modelo e chef de Paris chamada Coralie Jouhier e Lukas Ionesco, um ator e músico que mora em Longpont. Seguem-se o diretor de arte e proprietário da Gufram, Charley Vezza, e a editora e estilista Francesca Cefis, na passagem por Milão. 

Coralie Jouhier, chef e modelo, disse: “Adorei fazer parte do projeto “Farfetch e Gucci Open House”. Recebo minha inspiração de moda de todo o lado e adoro descobrir os mundos das pessoas e saber de onde vem a sua inspiração, por isso foi muito bom poder compartilhar o meu mundo e a minha visão.”

No início deste ano, quando apresentou o novo projeto Farfetch Communities, a Farfetch explicou que a sua comunidade de clientes é formada por pessoas unidas pelo amor à moda, incluindo criativos, ícones da indústria, heróis de estilo locais, proprietários de boutiques, estilistas e pessoas que estão a moldar a paisagem cultural. A retalhista está se concentrando na diversidade e na influência dos seus clientes para se diferenciar das suas rivais, enquanto aposta no conteúdo para dar aos clientes mais motivos para visitar o seu site.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

LuxoNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER