×
Por
DPA
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
18 de fev. de 2020
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Família Marzotto aumenta sua participação na Hugo Boss

Por
DPA
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
18 de fev. de 2020

A família italiana Marzotto aumentou significativamente seu investimento na Hugo Boss. No dia 7 de fevereiro, ela elevou sua participação acionária por meio de sua holding Zignago para mais de 15%, de acordo com registros regulatórios.


Hugo Boss


Até então a família detinha 10% da marca de moda alemã. Os Marzotto são os acionistas majoritários da empresa; as demais ações da Hugo Boss estão em circulação e são detidas principalmente por investidores institucionais.

As ações da Hugo Boss aumentaram quase 4% após o anúncio.

A Hugo Boss registrou um aumento de 5% nas vendas, para 825 milhões de euros no quarto trimestre de 2019, ou +4% considerando o ajuste do câmbio. A empresa espera um aumento de 2% no faturamento do ano e um EBIT de 333 milhões de euros. O grupo de moda divulgará seus resultados finais para 2019 em 5 de março.

Assim como muitas outras marcas, diante do surto de coronavírus, a Hugo Boss teve que fechar algumas lojas na China e reduzir o horário de funcionamento de outras, mas a empresa disse que ainda é muito cedo para avaliar o impacto dessas medidas.