×
922
Fashion Jobs
STUDIO Z
Coordenador de Planejamento Comercial
Efetivo - CLT · FLORIANÓPOLIS
GRUPO MEIA SOLA
Gerente de Marketing
Efetivo - CLT · FORTALEZA
GRUPO BOTICARIO
Executivo de Vendas ii (São Paulo)
Efetivo - CLT · São Paulo
LULITEX COM IMP EXP LTDA
Auxiliar Comercial
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas - Assistente Social
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - Quem Disse, Berenice?
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - o Boticário
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
GRUPO BOTICARIO
Product Owner E-Comm
Efetivo - CLT · Curitiba
IBRANDS
Líder de Logística
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas | Rio Verde
Efetivo - CLT · Rio Verde
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| Natal Shopping
Efetivo - CLT · Natal
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral

Facextrade cria departamento para alavancar exportações de marcas de moda brasileiras

Publicado em
today 29 de jan de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Referência no segmento de exportação de itens de moda no Brasil, a Facextrade começa 2019 apostando ainda mais no seu Fashion Department, responsável pela expansão global de grandes grupos e marcas como Animale, Farm e Amir Slama. A aposta da empresa é o lançamento do FFShowroom, um projeto de showroom itinerante que busca fortalecer a internacionalização de marcas brasileiras em feiras, eventos e ações de promoção no mundo todo. A empresa, que tem 25 anos de atuação e obteve crescimento de 25% em 2018, está otimista para 2019 e projeta um incremento de 35%. Para isso, pretende visitar mais de 20 países para participar de diversos eventos importantes da indústria.

A empresa auxilia as marcas brasileiras nos processos de exportação - Reprodução Instagram @facextrade


Fundada em 1993 por Nelson Kiyokawa, a Facextrade atua em segmentos como maquinários, calçados, artesanatos contemporâneos, design, além de moda e têxtil. Com sede em Cotia, a empresa conta com infraestrutura para carga e descarga de contêineres, conferências, embalagem e armazenamento de mercadorias, na rota do Rodoanel, que liga a cidade do Porto de Santos, e tem também um showroom ao lado do aeroporto de Congonhas.

“Atuamos com inteligência de mercado internacional, englobando toda a cadeia logística e comercial nos processos de exportação com completa assessoria aduaneira, tributária e contábil”, explica Nelson.

Em entrevista ao Fashion Network, a diretora comercial, Alba Ferrari, falou um pouco mais sobre as expectativas para 2019 e as mudanças ocorridas dentro da empresa. Confira:

FASHION NETWORK: Quais serão os próximos passos para atingir a meta de crescimento de 35% em 2019?

Alba Ferrari: Isso já está acontecendo, com o crescimento na quantidade de clientes e processos, e também com a melhoria na quantidade e qualidade das exportações brasileiras. Além disso, lançamos o FFShowroom, que será gerenciado pela nossa equipe comercial para trabalhar marcas brasileiras em potencial em feiras e eventos no exterior, além de fazer visitas comerciais em mercados potenciais.

A crise influenciou de alguma forma a exportação das marcas de moda?

Alba Ferrari: Ela impacta, por exemplo, no investimento em novos projetos, mas a exportação acaba sendo uma nova saída e oportunidade para as marcas não sentirem a crise nacional, uma vez que trabalham para outros mercados que têm uma capacidade maior de investimento, e um retorno mais seguro e rentável.


Alba Ferrari: diretora comercial da Facextrade - Divulgação



Quais foram as maiores mudanças dentro da empresa desde a sua fundação? Como você avalia essa evolução?

Alba Ferrari:  A Facex iniciou suas atividades com segmentos diversos pelo CEO Nelson Kiyokawa, e, na atual gestão comercial com o nosso time com Fashion Departament, temos uma grande presença nos segmentos de moda e design, que têm maior volume de processos. Com isso, novos projetos foram desenvolvidos dedicados a esse mercado, como a criação de um showroom e a entrada em plataformas de vendas online.

Para 2019 quais são as expectativas em números, em relação à exportação no ramo têxtil?

Alba Ferrari: Tudo vai depender do mercado e da nova gestão deste governo, pois dependemos muito de programas de incentivo à exportação para que as marcas estejam cada vez mais presentes em feiras, eventos, sendo divulgadas internacionalmente, além da questão logística e fiscal. Se realmente houver um plano do governo para fortalecimento do "Made in Brazil" e da expansão internacional de produtos e serviços brasileiros, esperamos que o mercado brasileiro no geral tenha a mesma resposta em relação a crescimento que nós esperamos na Facex.

Há metas para o FFShowroom em termos de vendas?

Alba Ferrari: Temos uma meta de expansão por meio das visitas comerciais aos países de maiores oportunidades para nossas marcas, que é atingir 24 países durante este ano de 2019, abrindo mercado em sua maioria.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.