×
167
Fashion Jobs
Por
AFP-Relaxnews
Publicado em
25 de fev de 2015
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Eyeglass da Sony deve chegar ao mercado no próximo mês

Por
AFP-Relaxnews
Publicado em
25 de fev de 2015

Relaxnews – A retirada repentina do Google Glass do mercado não parece ter desanimado a Sony, que abriu oficialmente na terça-feira (24) os pedidos para seus óculos de realidade aumentada.

Foto DR


Quando o SmartEyeglass da empresa começar a ser entregue em março ele vai custar 840 dólares (ou 670 euros) a edição para os desenvolvedores.

E a primeira coisa que os usuários irão notar depois de desempacotarem é o seu peso. Eles são óculos de lentes grossas, como os da Google, e vêm como um controle conectado por meio de cabos.

Entretanto, o que o aparelho promete é um tela tipo holograma que projeta informação e gráficos diretamente para o campo de visão do usuário, mas sem atrapalhar a linha de visão. A experiência não é diferente de usar a tecnologia do visor de um carro.

Continuando com as analogias de motor, com o objetivo de ver a tela enquanto acontecia o uso do Google Glass, os usuários tinham de olhar para a cima e depois para a direita – como se estivessem usando o espelho retrovisor do carro. Embora esse recurso garantisse que os usuários não fossem trombar com uma parede, nem com um carro ao usar os óculos, alguns desenvolvedores reclamaram de dores de cabeça e nos olhos.

Além de ser um dispositivo potencialmente revolucionário, os óculos esportivos da Sony possuem uma câmera integrada que pode se conectar sem fio a um smartphone para acesso à Internet e para correr ou responder a aplicativos.

A Sony afirma que a bateria – que é alojada na unidade do controle remoto – é suficiente para 80 minutos, quando a câmera está sendo usada, e para 150 minutos, quando esta se encontra inativa.

No entanto, os novos óculos não foram desenhados para ganhar nenhum campeonato de moda ou prêmios de resistência de bateria.

 


O aparelho para desenvolvedores é uma simples maneira de fazer com que a tecnologia chegue às mãos e aos rostos dos desenvolvedores para que eles continuem trabalhando.

Da mesma forma que a Microsoft está atualmente tendo dificuldade com o seu Windows Phone para smartphones, a popularidade de um aparelho móvel se baseia na quantidade de aplicativos propostos para este.

Se a Sony não for capaz de convencer a comunidade de desenvolvedores a construir aplicativos para o SmartEyeglass, ele continuará sendo apenas mais uma curiosidade cara do que uma peça indispensável de tecnologia. 

Copyright © 2021 AFP-Relaxnews. All rights reserved.