Exposição patrocinada pela Apple aborda alta-costura feita à mão x feita à máquina

Patrocinada pela gigante da tecnologia, Apple, exposição de moda 'Manus x Machina: Fashion in an Age of Technology' é um evento focando na relação entre a alta-costura artesanal e a moda feita à máquina.


A exposição apresentará peças de alta-costura, prêt-à-porter e técnicas artesanais como bordados, pregas e rendas, plissados e novas tecnologias como corte a laser, modelagem térmica, tricô circular e impressão 3D.
 
A exposição abrirá em 5 de maio e poderá ser vista até 14 de agosto de 2016 no The Costume Institute, do Metropolitan Museum of Art’s, em Nova York. A mostra vai explorar a questão de como a moda chegou a um ponto em que deve abraçar as novas tecnologias, a fim de inovar à medida em que entramos em uma nova era.
 
Andrew Bolton, curador do Costume Institute, explica: "Tradicionalmente, a distinção entre a alta-costura e o prêt-à-porter foi na essência o feito à mão e o feito à máquina. Mas, há pouco tempo, essa distinção se tornou cada vez mais tênue, pois ambas as disciplinas adotaram as práticas uma da outra".
 
O patrocínio da Apple à exposição inscreve-se no seu interesse constante por encontrar seu lugar entre as marcas de moda, devido ao lançamento de seu relógio inteligente Apple Watch. Apple e demais empresas de eletrônicos sabem que o futuro da eletrônica serão as roupas inteligentes.
 
Mais de 100 peças dos mais diversos estilistas serão exibidas, a partir de um vestido de tule criado por Charles Frederick Worth em 1880 indo até um terno e saia com impressão 3D da Chanel de 2015. 


A exposição vai abordar a fundação da alta-costura no século XIX, quando a máquina de costura foi inventada, e a distinção entre o feito à mão (manus) e a máquina (machina).
 
A relação da moda com a tecnologia começou com a invenção dos teares mecânicos, na revolução industrial do século XVIII, que possibilitaram a massificação e barateamento das roupas, mas, agora com novas tecnologias de impressão 3D, tricô 3D, corte a lazer, estamparia digital, nanotecnologia e tecidos inteligentes, a indústria da moda está ganhando um rumo totalmente novo.
 
O que todos esses exemplos revelam é que o feito à mão e o feito à máquina trabalham em conjunto na criação de moda para alta-costura e prêt-à-porter. Ao tentar desvendar, bem como conciliar a relação de oposição entre o artesanal e o industrial, a exposição pretende avançar num novo paradigma mais relevante para a moda atual e para as novas tecnologias.

Copyright © 2019 Stylo Urbano. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirEventos
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER