×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de abr. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Exposição "Lee Alexander McQueen: Mind, Mythos, Muse" é inaugurada em Los Angeles

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de abr. de 2022

Onze anos após a última exposição sobre Alexander McQueen no Metropolitan Museum of Art e no Victoria & Albert Museum, em Londres, um novo evento dedicado ao designer inglês foi inaugurado no dia 23 de abril em Los Angeles, no Resnick Pavilion do Los Angeles County Museum of Art.


Jaqueta feminina Alexander McQueen da coleção outono/inverno 2010-11 - DR


Intitulada "Mind, Mythos, Muse", a exposição apresenta cerca de 200 objetos de Alexander McQueen relacionados às pinturas, esculturas, gravuras, figurinos e tecidos do LACMA, além de fotografias que o inspiraram, fazendo uso dos mesmos princípios de curadoria da recente exposição "Yves Saint Laurent aux musées" em Paris.

A exposição também destaca um presente substancial da colecionadora de Los Angeles, Regina J.Drucker, que aprimorou a coleção de obras de McQueen do LACMA, a maior de uma instituição pública na América do Norte.

A exposição está organizada em quatro seções temáticas: Mitos, Narrativas da Moda, Técnica e Inovação, e Evolução e Existência, e mostra alguns dos tesouros mais raros das coleções de McQueen, como o conjunto de roupas femininas com babados e pérolas douradas da coleção 'The Widows of Culloden', de Outono-Inverno 2006-2007, que ecoa a gola de renda e o bordado de fios metálicos na obra Portrait of Louis XIII, King of France as a boy (1616), de Frans Pourbus II.


Conjunto feminino de Alexander McQueen da coleção 'Widow's Culloden', outono/inverno 2006-7 - DR


Da mesma forma, outro look da coleção "The Dance of the Twisted Bull" da Primavera-Verão 2002 foi colocado em frente à obra de Francisco Goya do século 18, evocando os temas do flamenco espanhol e da tourada espanhola. E o vestido da coleção “Scanners" de Outono-Inverno 2003-2004, é apresentado ao lado do baú tibetano do século 17 que inspirou McQueen.

“Esta não é apenas a primeira exposição de McQueen na Costa Oeste dos Estados Unidos, mas também a primeira a exibir objetos que ligam seu trabalho a momentos específicos da história da arte nos quais ele se inspirou”, disse Clarissa M.Esguerra, curadora associada de Costume and Textiles.

A exposição de McQueen no LACMA fica em cartaz até 9 de outubro.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.