Exportações brasileiras de diamantes cresceram 113% em 2018

As exportações brasileiras de metais e pedras preciosas cresceram apenas 1% em 2018 ante 2017, atingindo a marca de US$ 3,4 bilhões. Apesar do desempenho tímido como um todo, uma pedra em especial se destacou: o diamante, cujas vendas externas cresceram 113% no período, segundo o Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM). 


Mina da Bahia puxou o bom desempenho da produção nacional de diamantes - Foto: Divulgação/Governo da Bahia

O desempenho bem acima da média se deve à exploração de uma nova mina na Bahia, operação comandada pela mineradora Lipari.

Já as exportações de ouro caíram 7% em 2018, para 1,9 bilhão de dólares, devido ao menor volume de compras do Reino Unido. Para os Estados Unidos segue a maior quantidade de joias acabadas.

Desde 1998, o IBGM e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atuam em parceria para promover o crescimento das exportações, abrir novos mercados e agregar valor às gemas e joias brasileiras. Essa colaboração foi responsável pela criação do projeto setorial Precious Brazil e posicionou o país como um importante player do mercado de gemas e joias no mundo. Até o dia 27 de maio, empresas associadas ao Projeto Setorial IBGM/Apex-Brasil poderão participar de um edital que visa a apoiar e incentivar as empresas no incremento dos investimentos em ações diferenciadas de promoção comercial e/ou imagem. O apoio é limitado a um evento a cada 12 meses e a US$ 30 mil de utilização dos recursos da Apex-Brasil.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

JoalhariaIndústriaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER