×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de nov. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

EVP e diretor criativo da Lululemon pede demissão

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de nov. de 2017

Lee Holman, vice-presidente executivo e diretor criativo da Lululemon, anunciou que pediu demissão devido a motivos pessoais. Holman vai permanecer na empresa até ao final do ano. 


Lululemon


“Ao longo dos últimos três anos, voltámos a ser uma organização orientada para o design e alimentada pela inovação, na interseção entre função e moda”, declarou Laurent Potdevin, CEO da Lululemon.
 
Potdevin disse que a empresa desenvolveu um “um grupo forte de potenciais substitutos” ao longo da sua atividade, acrescentando: “A força do nosso desempenho reforça a posição de liderança que criamos no mercado”. O responsável disse ainda sentir-se entusiasmado pelo momento que a marca atravessa a caminho da época festiva.

A Lululemon não tem sido imune às mudanças no varejo. Embora tenha em tempos dominado tanto o mercado de athleisure, como o feminino, a Amazon é a mais recente ameaça para a marca. A titã do e-commerce anunciou recentemente o lançamento das suas marcas esportivas próprias, feitas na mesma fábrica onde a Lululemon produz o seu vestuário. Duas das linhas da Amazon, a Peak Velocity e a Rebel Canyon, estão posicionadas para serem concorrentes diretas, com preços mais baixos.
 
Graças à compra de ações, a Lululemon alcançou um valor de 10 dólares por ação, segundo os resultados publicados pela marca em agosto, referentes ao segundo trimestre. A empresa irá publicar os resultados do terceiro trimestre no dia 7 de dezembro.
 
Holman continuará na empresa até 31 de dezembro deste ano. Ainda não foi anunciado nenhum plano de sucessão.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.