×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
1 de set. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Estée Lauder poderá assumir a beleza da Balmain

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
1 de set. de 2022

Continua a especulação em torno do portfólio de marcas da Estée Lauder. Após, há algumas semanas, o Wall Street Journal (WSJ) ter avançado que o grupo americano de cosméticos estaria em negociações para a aquisição da marca de luxo americana Tom Ford, agora é a Balmain que se encontra nos centro das atenções.


Olivier Rousteing, diretor artístico da Balmain - Courtesy


Segundo a site Business of Fashion, a Estée Lauder, que conta en seu portfólio com marcas como Too Face, Clinique e Kilian Paris, poderá firmar uma aliança com a Balmain para desenvolver uma linha de cosméticos.
 
Adquirida em 2016 por 620 milhões de dólares pelo fundo de investimento do Qatar Mayhoola, a Balmain já tem uma presença na beleza com a sua linha capilar Balmain Hair Couture, e já desenvolveu coleções de perfumes, nomeadamente com o grupo francês Interparfums, que foi seu licenciado de beleza de 2011 a 2017.

Fundada em 1945 por Pierre Balmain, a Balmain tem Olivier Rousteing à frente da sua direção artística há 11 anos. A Estée Lauder poderá igualmente querer capitalizar o sucesso do estilista, que deu um novo impulso à casa e que é seguido por mais de 8 milhões de pessoas no Instagram.
 
A Business of Fashion recorda assim que, com a linha de beleza de Tom Ford, também estilista e personagem emblemático, o grupo americano ultrapassou 1 bilhão de dólares em vendas.
 
No seu ano fiscal 2021/2022, encerrado a 30 de junho, a Estée Lauder registrou vendas de 17,74 bilhões de dólares, um aumento de 9% em relação ao ano passado.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.