×
894
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Estariam as sacolas plásticas saindo da moda?

Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 20 de ago de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Voltar para casa carregado de sacolas plásticas já foi a marca registrada de uma viagem de compras bem-sucedida, mas hoje isso mudou. Em um esforço para reduzir o desperdício e promover a sustentabilidade, um número crescente de grandes marcas de moda está eliminando as sacolas de uso único de suas lojas.


No mês passado, a gigante do varejo espanhol Inditex - proprietária da Zara, Pull & Bear, Massimo Dutti, Bershka, Stradivarius, Oysho, Zara Home e Uterqüe - prometeu eliminar o uso de sacolas plásticas de seu portfólio de marcas até 2020. - Zara


Este mês, o grupo canadense de calçados e acessórios Aldo Group - cujas marcas incluem Aldo e Call It Spring - anunciou que está retirando as sacolas de compras descartáveis ​​de suas lojas globalmente. Os compradores poderão transportar suas novas mercadorias usando uma caixa de sapatos feita de papelão reciclado, com uma alça de corda prática que possibilita que ela seja carregada como uma bolsa.

Todos os clientes da Aldo que ainda quiserem uma bolsa poderão comprar bolsas ecológicas reutilizáveis ​​feitas de plástico reciclado, cujo lucro líquido será doado para organizações com foco no oceano, como The Ocean Legacy Foundation e Ocean Conservancy. As vendas dessas bolsas ecológicas da Call It Spring ajudarão a financiar projetos de água limpa e saneamento no Quênia através de sua parceria com a empresa social ME to WE.

Aldo não está sozinha nessas empreitadas. Em julho, a marca de moda e estilo de vida japonesa Muji anunciou uma nova iniciativa de sacolas reutilizáveis, incentivando os compradores americanos a usarem suas próprias sacolas, introduzindo uma cobrança pelas sacolas reutilizáveis. Os compradores que usarem suas próprias sacolas receberão um desconto de cinco centavos em sua compra. "Em linha com a filosofia da MUJI de menos excesso, gostaríamos de incentivar nossos clientes a trazer suas próprias sacolas reutilizáveis ​​ao fazer compras na Muji!" a marca anunciou no Instagram.

A gigante do varejo espanhol Inditex - proprietária da Zara, Pull & Bear, Massimo Dutti, Bershka, Stradivarius, Oysho, Zara Home e Uterqüe - prometeu eliminar o uso de sacolas plásticas em seu portfólio de marcas até 2020 (uma meta já alcançada pela Zara, Zara Home, Massimo Dutti e Uterqüe).

A Fast Retailing, controladora das marcas de moda Uniqlo, Theory e Comptoir des Cotonniers, irá trocar as sacolas plásticas por sacolas ecológicas feitas com papel certificado FSC (Forest Stewardship Council) ou papel reciclado em setembro.

As marcas de luxo também estão cada vez mais presentes neste barco: em março, a grife britânica Burberry prometeu "reduzir, eliminar e fazer a transição de embalagens problemáticas e desnecessárias" em todo o portfólio até 2025, com foco em plásticos de uso único. A marca começou eliminando a laminação plástica de suas sacolas de varejo e os sacos de polietileno como capas de roupas.

Copyright © 2019 AFP-Relaxnews. All rights reserved.