×
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de fev. de 2021
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

EssilorLuxottica propõe a venda de lojas para viabilizar a aquisição da GrandVision

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de fev. de 2021

Segundo uma fonte próxima do assunto, a EssilorLuxottica está disposta a vender ativos em três países da União Europeia para obter a aprovação da Comissão Europeia para sua proposta de aquisição da empresa holandesa GrandVision por 7,2 bilhões de euros.


GrandVision


A gigante da ótica, criada após a fusão em 2018 da fabricante francesa de óculos e lentes Essilor e da italiana Luxottica, proprietária de marcas como a Ray-Ban, apresentou na segunda-feira (8) uma proposta à Comissão Europeia, é o que mostra um documento publicado no site do executivo da UE, que pretende tomar uma decisão até 12 de abril.

A EssilorLuxottica e a GrandVision, especializadas na venda de óculos no varejo, também estão em desacordo com os tribunais holandeses sobre os termos da proposta de aquisição em meio à crise do coronavírus.

Em um documento publicado no ano passado, a EssilorLuxottica disse que os serviços de concorrência da União Europeia solicitaram que ela vendesse lojas na França, Bélgica, Itália e Holanda para obter a aprovação para a aquisição da GrandVision. Esse pedido inclui a rede holandesa Pearle and Eye Wish Opticians.

A Comissão Europeia irá agora pedir a opinião dos concorrentes, fornecedores e clientes antes de decidir se irá validar o projeto, rejeitá-lo ou exigir mais concessões.

Foo Yun Chee; Versão francesa Bertrand Boucey, edição por Blandine Hénault

© Thomson Reuters 2022 Todos os direitos reservados.