×
Publicado em
19 de out de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Empresa de cosméticos AhoAloe registra crescimento de 700% nas vendas online durante a pandemia

Publicado em
19 de out de 2020

Fundada em 2016, empresa brasileira de cosméticos à base de aloe vera (também conhecida como babosa) orgânica, AhoAloe, está entre as que têm conseguido se desenvolver em meio à pandemia de Covid-19. A empresa, que aposta no mercado de produtos conscientes, com ingredientes selecionados e extraídos de maneira sustentável e de procedência não transgênica, chegou a sofrer forte queda nas vendas no início da pandemia, sendo forçada a rever seu negócio e traçar novas estratégias, se concentrando, principalmente, no online.


AhoAloe


Entre as ações adotadas pela AhoAloe: a reformulação de seu website, o forte foco nas redes sociais, e a contratação de agência de CRM. O investimento deu certo: em maio, a retomada nas vendas já pôde ser sentida, e em junho as vendas online cresceram 700%, com o faturamento aumentado aproximadamente 200% entre junho e agosto. 

Com os bons resultados, a empresa contratou 10 novos funcionários e abriu sua primeira loja, no bairro Pinheiros, em São Paulo. Além disso, a empresa, que possui sua plantação de aloe vera no maciço da Mantiqueira, às margens da Represa do Jaguari, na Serra do Lopo, tem dois mil metros de babosa já plantados, com aproximadamente três mil plantas, e planeja adquirir uma nova área de plantio. Até o final do ano, é esperado um crescimento de 500% nas vendas. 

Ahoaloe oferece produtos de cuidados pessoais, como sabonete, limpador, óleo, tônico e sérum facial, hidratantes, xampu, condicionador, máscara, bem como produtos para os homens, como gel pós-barba, além de gel dental, óleos essenciais, entre outros. Seus produtos são desenvolvidos com ativos naturais, sem Parabenos, Petrolatos, Sulfatos, ou qualquer tipo de químico nocivo. 

“Nossos cosméticos são uma alquimia nobre de pura mágica. Nosso balaio tem andirobas, carnaúbas, babaçus, ucuubas, copaíbas e um leque extenso de maravilhas cuidadosamente escolhidas. Excêntricos e extravagantes, esses ingredientes têm propriedades terapêuticas e, ainda, representam a exuberância de nossa flora nacional”, explica Larissa Pessoa, sócia da Ahoaloe. 


AhoeAloe


Os ingredientes orgânicos são selecionados e extraídos de maneira sustentável e de procedência não transgênica. Todo o processo de criação e desenvolvimento é realizado com tecnologias sustentáveis. As garrafas e frascos de 120 ml, são compostos de PET reciclado e biodegradável, não residual ou intoxicante ao meio ambiente durante a decomposição. Esse material das embalagens recebe o complemento de uma enzima pró-degradante derivada do óleo de coco da palmeira. O ativo degenerador permanece no plástico até que seja reativado por moléculas de água no solo. 

“Somos 100% naturais, e todos os nossos produtos, ingredientes e processos são certificados pelo IBD – Instituto Biodinâmico de Desenvolvimento. Temos rastreabilidade de todos os ingredientes que usamos e buscamos fornecedores que compartilhem da mesma filosofia que a nossa. Em nossas formulações usamos uma grande quantidade de gel puro de babosa e nos preocupamos com a performance dos produtos, tanto física, quanto para o bem-estar dos consumidores que usam”, resume Larissa.

Os cosméticos da Ahoaloe podem ser adquiridos na loja física em São Paulo (Rua Padre Carvalho, 57 – Pinheiros), pelo e-commerce https://ahoaloe.com.br/loja/, bem como através de varejistas especializados. Os preços vão de R$96,00 a R$493,40 (kits com vários produtos). Desde de dezembro de 2019, a empresa também conta com um centro de distribuição em Londres e vende seus produtos pela amazon.co.uk.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.