×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de out de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Em Milão, no Distrito de MonteNapoleone quase 6 em cada 10 visitantes desapareceram e o número de estrangeiros diminui 78%

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de out de 2020

Para analisar as tendências de comportamento dos visitantes e enfrentar melhor os desafios da pandemia, o Distrito de MonteNapoleone, em Milão, e a empresa de consultoria global Deloitte iniciaram uma colaboração que visa oferecer aos associados da ruas Monte Napoleone, Sant’Andrea, Verri, Santo Spirito, Gesù, Borgospesso e Bagutta, um serviço inovador de monitoramento de tráfego dentro do Quadrilatero della Moda, o quadrilátero milanês da moda e do luxo.


Via Montenapoleone, em Milano - DR


Segundo a análise da Deloitte, em 2020, o número de visitantes únicos no distrito de MonteNapoleone (3,4 milhões) registrou um declínio geral de 57% em comparação com os mais de 8 milhões em 2019, apesar de alguns sinais significativos de recuperação na Fase 2 e uma recuperação ainda melhor em setembro.
 
Para obter esses números, a Deloitte fez uso de serviços de alto valor agregado, como a detecção da foot fall, a análise sócio-demográfica dos perfis dos usuários (District Analytics) e a identificação de insights de inovação que podem amplificar o experiência de compra do consumidor (Digital Hub - laboratório digital que a Deloitte disponibiliza para compartilhar tendências de mercado e colaborar com os associados na área digital, com 4 reuniões anuais).

Desta forma, as marcas associadas, players globais no setor de Moda e Luxo, poderão traçar um roteiro exclusivo e personalizado para os visitantes do quadrilátero. De acordo com um comunicado conjunto das duas empresas, a capacidade de coletar e processar dados-chave de um ponto de vista preditivo (perfil do visitante, número de visitantes, nacionalidade, tempo de permanência, frequência de retorno e semelhantes), será um ativo fundamental em um setor de varejo inevitavelmente impactado pela Covid-19.

As medidas restritivas à circulação entre países, impostas pelos governos para conter a propagação do coronavírus, provocaram uma queda de 78% no número de visitantes estrangeiros no quadrilátero em 2020: ou 379.308 ante 1.739.764 em 2019. A Deloitte observa, em particular, a ausência total de visitantes chineses e o declínio no número de visitantes russos. Apesar disso, a duração média das visitas de clientes estrangeiros aumentou cerca de 23%.


Guglielmo Miani é o Presidente do Distrito de MonteNapoleone.


Segundo Alessandro Mercuri, CEO da Deloitte Consulting, esta parceria “marca o início do primeiro monitoramento pontual de uma área-chave para a cidade de Milão. Compreender e antecipar a evolução contínua do setor é um elemento competitivo diferenciador, ainda mais em um momento de grandes transformações e de grandes desafios como o atual”.

Guglielmo Miani, presidente do Distrito de MonteNapoleone, acredita que a análise fornece às marcas e hotéis de luxo “ferramentas úteis para definir estratégias corporativas transversais, do marketing de varejo à melhoria do engajamento e à experiência de compra”. Segundo ele, “para responder à evolução dos métodos de acesso a produtos e serviços e às necessidades de uma clientela sofisticada, será necessária a integração de ferramentas digitais e a análise de big data no desenvolvimento de formas inovadoras de interação relacional e de vendas em uma perspectiva cada vez mais personalizada”.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.