×
Por
Terra
Publicado em
23 de fev. de 2011
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Editora se despede da Vogue francesa inspirada em Salvador Dalí

Por
Terra
Publicado em
23 de fev. de 2011

Por dez anos na Vogue francesa, a editora Carine Roitfeld marcou sua história na publicação com seu olhar visionário e ousado.

Vogue
Capa da Vogue Paris de março, a última assinada pela - editora Carine Roitfeld - Foto: Reprodução
Terra


Foi ela quem teve a ideia de desnudar a top model transex Lea T., de estampar a plus size Crystal Renn com os lábios e a cara inchada (resultado de uma cirurgia plástica fantasiosa) e ainda de realizar um editorial com crianças produzidas como adultas com direito a vestidos de festa, salto alto, penteados e maquiagem marcantes.

Para o seu 'au revoir', a editora escolheu o movimento artístico do surrealismo para pintar as páginas da revista inteira. Na capa da publicação, foram unidos os talentos da top holandesa Saskia de Brauw e da dupla esperta de fotógrafos Mert Alas & Marcus Piggott para uma série de imagens com jeitão amador.

"C'est parce que tout doit finir que tout est si beau..." (É porque tudo tem de acabar que tudo é tão bonito..., em francês), escreve Carine no editorial que chega ao público durante a Semana de Moda de Paris, que acontece de 01 a 09 de março.

No conteúdo interno, há também um especial assinado por Pierre Groppo e dedicado aos novos designers franceses: Maxime Simoen, Olympia Le Tan, Damir Doma, Lígia Dias, Jarrar Bouchra Anthony Vaccarello, Marani Alberto e Yin Yiqing. Ainda, aparecem as tendências para primavera-verão 2011, uma entrevista com Violaine Binet e um retrato da multiartista e musa do pintor espanhol surrealista Salvador Dalí, Amanda Lear.

Copyright © 2022 Terra. Todos os direitos reservados.