×
680
Fashion Jobs

Dupla de executivos substitui Nicolas Hennon à frente de Kiabi

Publicado em
today 26 de set de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

O número 1 do pronto-a-vestir francês Kiabi anunciou esta quarta-feira a nomeação de Béatrice Héricourt e Patrick Stassi para substituir o diretor-geral Nicolas Hennon, a fim de impulsionar a "uma nova energia" na marca do grupo Mulliez.


Patrick Stassi e Béatrice Héricourt, os novos dirigentes da marca - Kiabi


Os dois novos diretores-gerais da Kiabi já faziam parte do grupo: Béatrice Héricourt era diretora das coleções internacionais e Patrick Stassi ocupava o cargo de diretor-geral da filial francesa da marca.
 
A dupla deverá corresponder "a uma nova dinâmica impulsionada pelo acionista-fundador Patrick Mulliez e pela presidente do grupo Elisabeth Cunin", nomeada em maio, indica Kiabi em comunicado.

"Agir mais rapidamente, desafiar continuamente a nossa visão e as nossas ações, acelerar e reinventar um modelo de desempenho que nos permita estar um passo à frente dos nossos concorrentes. É esta a missão confiada a uma dupla de líderes fortes e comprometidos, proveniente dos quadros da empresa", pode ler-se no texto, que saúda "o compromisso" do anterior diretor.
 
Fundada em 1978, a Kiabi apresenta-se como a número 1 francesa do ready-to-wear e em 2018 alcançou um volume de negócios de 1,9 bilhão de euros (+2,1% em termos homólogos).
 
Este ano, a marca se comprometeu a produzir 100% das suas coleções de forma sustentável ou "ecologicamente projetada" até 2030, fazendo, por exemplo, a lavagem dos jeans a laser ou utilizando algodão orgânico, mantendo sempre a sua política "preços baixos".

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.