Dufry reduz meta de vendas para 2018 devido aos fracos resultados do Brasil e Argentina

A líder mundial no varejo em aeroportos, Dufry, informou na segunda-feira (5) que cortou sua meta de crescimento de vendas para o ano, uma vez que os mercados brasileiro e argentino se deterioraram devido à turbulência econômica.


Nos primeiros nove meses do ano, as vendas da Dufry aumentaram 4,6%, para 6,6 bilhões de francos suíços (6,57 bilhões de dólares). - Dufry

Um porta-voz da empresa suíça informou que a previsão de crescimento nas vendas orgânicas para 2018 foi reduzida para 2-3%, ante à uma expectativa anterior de crescimento de 5-7%. Nos primeiros nove meses, as vendas aumentaram 4,6%, para 6,6 bilhões de francos suíços (6,57 bilhões de dólares), com crescimento orgânico de 3,1%.

Segundo o porta-voz da Dufry, as desvalorizações cambiais na Argentina e no Brasil reduziram o poder de compra dos viajantes. De acordo com ele, nestes mercados da América do Sul, os viajantes dos dois países formam a maior parte dos clientes, e não os turistas de outros lugares.

A Dufry é uma varejista global de viagens com operações em 64 países. A empresa conta com uma rede de mais de 2.200 lojas localizadas em aeroportos, navios de cruzeiro, portos marítimos e outros locais turísticos.
 

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2018 Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER