×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de abr. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Dolce & Gabbana lança seu projeto 'Casa' com duas boutiques dedicadas

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de abr. de 2022

Após um “soft opening” em setembro do ano passado em Veneza, durante o evento Alta Moda, a Dolce & Gabbana lança a sua linha Casa com a abertura no coração de Milão de suas duas primeiras lojas dedicadas a este universo. O ambicioso projeto, que terá aberturas nos Estados Unidos e na França, contempla uma linha de acessórios, louças e tecidos inteiramente produzidos internamente, e uma linha de mobiliário gerida sob licença pelo Luxury Living Group.


A linha é inspirada na decoração siliciana tradicional - Dolce & Gabbana


A aposta da marca liderada por Domenico Dolce e Stefano Gabbana é distinguir-se por um projeto 100% Made in Italy e por um estilo original que retoma os códigos mediterrâneos da marca, com cores vivas e decorações ricas.

“Os primeiros feedbacks são positivos porque é uma coleção muito especial, com uma linguagem única, que não existe nas linhas de decoração atuais”, sublinha a diretora-geral do Luxury Living Group, Andrea Gentilini. Uma estética alegre e colorida é destacada nas lojas por um layout neutro, todo em branco, preto e cinza no piso revestido em pedra de lava Basaltina.

As duas coleções (acessórios e mobiliário) estão disponíveis nas mesmas cores e padrões em torno de quatro temas bem definidos: leopardo, zebra, azul mediterrâneo e carroça siciliana. Este último tema, inspirado nas decorações encontradas nos tradicionais carrinhos pintados da Sicília com suas estampas exuberantes em cores deslumbrantes, como vermelho, amarelo limão e azul céu, já foi desenvolvido pela Dolce & Gabbana durante uma colaboração anterior iniciada em 2016 com o grupo italiano de eletrodomésticos de luxo, Smeg, que consistiu em uma série de eletrodomésticos e utensílios de cozinha (frigideira, torradeira, chaleira, etc.).
 
O primeiro endereço de Milão, administrado diretamente pela marca, fica no número 7 da corso Venezia, no bairro de San Babila, na loja que anteriormente abrigava suas linhas de prêt-à-porter infantil e feminino, transferidas para suas outras duas lojas da via Montenapoleone e via Spiga 2. Abrangendo uma área de 1.200 metros quadrados em dois andares, a loja abriga acessórios (velas, vasos, bandejas) e outros utensílios domésticos (louça, almofadas de sarja duquesa, colchas estampadas, roupa de cama, tapetes, móveis de madeira lacados, etc.).
 
A outra boutique, localizada próximo à primeira, na via Durini 23, é administrada pelo Luxury Living Group. Nesse espaço de 1.000 metros quadrados divididos em três níveis, em um layout cinza-preto idêntico ao outro endereço, há um enorme lustre no centro e são oferecidas coleções de móveis, incluindo sofás, poltronas, pufes, mesas, entre outros.
 
O Luxury Living Group (que também tem em seu portfólio as linhas Casa da Versace, Trussardi, Bentley e Bugatti além de sua nova linha Luxence), firmou um contrato de licenciamento de treze anos com a Dolce & Gabbana, que vai além de uma simples licença, como nos explica Andrea Gentilini. “Desenvolvemos tudo com Domenico Dolce e Stefano Gabbana. São dois entusiastas do design e grandes conhecedores, muito presentes e muito exigentes. Do ponto de vista técnico, esta coleção é um desafio que nos levou a inovar nos processos.”


Objetos e acessórios para a casa na boutique da Corso Venezia, em Milão - Dolce & Gabbana


Para reproduzir os designs em azul mediterrâneo e coloridos nas mesas, a empresa teve que usar técnicas específicas. Ela aplicou técnicas típicas de moda para calibrar corretamente as estampas em cada peça têxtil. Isso sem mencionar as decorações internas em inúmeros móveis.

“Do ponto de vista produtivo, é inegavelmente mais complicado”, resume o líder. “Nossos produtos são feitos em diferentes regiões da Itália, dependendo das especialidades exigidas. Com essa linha, temos um importante plano de desenvolvimento, principalmente nos Estados Unidos, onde vamos abrir uma loja Dolce & Gabbana Casa em Miami, em julho, no Design District. Também estamos visando o Oriente Médio e outras regiões, com pontos de venda diretos ou através de parceiros com distribuição monomarca e multimarcas.”
 
Como showroom, o grupo partilha o edifício Dolce & Gabbana na via Broggi, Milão, escolhido pela marca para instalar toda a sua divisão Casa. Cada andar é dedicado a um dos quatro temas desenvolvidos para as coleções, apresentando assim as duas linhas dedicadas aos acessórios e mobiliário no mesmo ambiente. Cerca de 40 pessoas trabalham no projeto. Uma equipe destinada a crescer.
 
Se a linha de móveis tem cerca de 600 referências, a de acessórios e objetos tem 1.500, e cada uma delas é feita por artesãos da tradição italiana, do vidro soprado de Murano à cerâmica pintada à mão na Sicília, passando pelos tecidos feitos em Como. No total, cerca de quarenta artesãos abastecem a divisão.
 
Em relação a distribuição, a Dolce & Gabbana conta com uma rede de espaços dedicados. Além da loja de Miami inaugurada pelo Luxury Living Group, três novas lojas gerenciadas diretamente pela marca serão inauguradas em meados de junho em Cannes, Capri e Puerto Banús (Marbella), na Espanha. A empresa também está em processo de definição de parceiros distribuidores para abrir lojas monomarca ou espaços dedicados em lojas multimarcas que possam apresentar toda a sua oferta.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.