×
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de out. de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Documentário sobre a vida de Ralph Lauren vai estrear na HBO

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de out. de 2019

O estilista americano Ralph Lauren se considera uma pessoa reservada, portanto, dar às câmeras acesso a sua vida e império da moda para o documentário da HBO, “Muito Ralph: Vida e Obra de Ralph Lauren”, que estreia no dia 26 de novembro, era considerado desafiador.


Ralph Lauren - Ralph Lauren /AFP


O documentário que conta a vida de Ralph Lauren desde a sua infância no Bronx à abertura de lojas independentes em todo o mundo, teve sua pre-estreia realizada no Metropolitan Museum of Art de Nova York na última quarta-feira (23), e contou com a participação de diversas personalidades da moda e do entretenimento.

Para prestigiar Ralph Lauren, que é presidente executivo e diretor de criação da Ralph Lauren, estavam Bruce Springsteen, Martha Stewart, as modelos Lily Aldridge e Karlie Kloss, os atores Ansel Elgort e Michael J. Fox, e a designer Vera Wang.

"Ele é um grande herói americano", disse Vera Wang à Reuters em uma entrevista no tapete vermelho. "Ele realmente levou a experiência americana para o mundo inteiro e duvido que seja possível reproduzir isso hoje.”

Ralph Lauren, que tem 80 anos, disse que o ex-diretor executivo da HBO, Richard Plepler, apresentou a ideia de um documentário durante um jantar, dizendo que ele era um grande fã seu. Ele começou a considerar a proposta porque na época a Ralph Lauren Corporation estava chegando a um grande marco. “Era meu 50º aniversário”, explica Lauren, cujos filhos também o encorajaram a seguir em frente com o projeto.

Produzido e dirigido por Susan Lacy, o documentário apresenta imagens de arquivo da marca de moda, bem como entrevistas com a família de Lauren e personalidades como Anna Wintour, Karl Lagerfeld e Naomi Campbell. Ele também inclui vídeos caseiros que mostram um Ralph Lauren divertido, dançando e jogando basquete com seus filhos.

Ao serem questionados sobre a reação que tiveram quando viram o filme finalizado, Ralph Lauren e Susan Lacy disseram que choraram. “Engasguei um pouco”, diz Lauren. “É emocionante ver seus filhos pequenos e depois crescendo.” “É difícil olhar para sua vida passando diante de seus olhos”, acrescentou Lacy, que conduziu entrevistas com Lauren em suas várias residências, incluindo em sua casa em Montauk e seu rancho no Colorado.

Ao ser perguntado sobre o que ele quer que as pessoas retenham do documentário, Ralph Lauren disse: “Eu quero que as pessoas sintam que podem fazer coisas saindo do nada, mantendo firmeza e acreditando que podem ser boas, vendo que outras pessoas fizeram isso e elas também podem.”

© Thomson Reuters 2022 Todos os direitos reservados.