×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
10 de jun de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Diretor-geral adjunto da Inditex, Ramón Reñón, deixa a empresa

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
10 de jun de 2021

Coincidindo com a apresentação dos resultados do primeiro trimestre, na quarta-feira, 9 de junho, a Inditex comunicou à CNMV (Comissão Nacional do Mercado de Valores) a saída do seu diretor-geral adjunto, Ramón Reñón, que diz adeus ao conglomerado têxtil após quase três décadas de trajetória profissional na empresa com sede em Arteixo (A Coruña).


Europapress


Conforme informado pela Inditex, trata-se de uma renúncia voluntária por parte de Ramón Reñón ao cargo de diretor-geral adjunto do presidente da empresa, o próprio Pablo Isla, por considerar que havia “completado a sua etapa profissional”. O conselho de administração da empresa, após parecer favorável da comissão de nomeações, aprovou, entre outros, o acordo relativo ao motivo da renúncia, que entrará em vigor a partir de 31 de julho.

Através de um breve comunicado, Pablo Isla, presidente do conselho de administração, expressou o “reconhecimento e gratidão da empresa à figura de Ramón Reñón, destacando a sua valiosa contribuição para o sucesso da empresa na expansão e internacionalização do grupo". Por sua vez, o conselho de administração aprovou deixar em ata o seu “reconhecimento e o seu mais sincero agradecimento” ao diretor, pela sua “dedicação e inestimável trabalho desempenhado no grupo durante quase 30 anos”, período durante o qual também ocupou o cargo de diretor-geral de expansão.

Ao longo do primeiro trimestre do exercício, entre os meses de fevereiro e abril, a Inditex conseguiu começar a dar passos no caminho da recuperação após os efeitos da pandemia, que se espera que culmine ao longo do segundo trimestre do ano. Assim, durante o período, a empresa espanhola obteve um lucro líquido de 421 milhões de euros e aumentou as suas vendas em 50%, atingindo 4,9 bilhões de euros em faturação. A empresa realizará a sua Assembleia Geral de Acionistas no dia 13 de julho.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.