×
890
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Diane Kruger, Tommy Hilfiger, Kate Moss e Cara Delevingne prestam homenagem a Karl Lagerfeld

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 12 de jul de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Se Karl Lagerfeld tivesse uma peça de roupa de fetiche, esta seria provavelmente a sua icónica camisa branca, usada frequentemente com uma gravata de seda preta. Estas camisas, engomadas copiosamente, servirão de inspiração em uma última homenagem ao falecido estilista, este outono em Paris: "A Tribute to Karl: The White Shirt Project" (Homenagem a Karl: O Projeto Camisa Branca). Nessa ocasião, cerca de vinte personalidades vão celebrar Karl Lagerfeld reinterpretando a sua icónica camisa.



O projeto será liderado por Carine Roitfeld, a estilista preferida de Lagerfeld, que convidou diversas personalidades da moda para criarem a sua própria versão da sua camisa branca, incluindo Diane Kruger, Tommy Hilfiger, Kate Moss, Cara Delevingne, Amber Valletta, Lewis Hamilton, Alessandro Michele, Sébastien Jondeau, Takashi Murakami...
 
"Quando penso nos modelos mais emblemáticos da carreira de Karl, são sempre as suas camisas brancas que me lembro. Esta homenagem vai permitir-nos honrar o seu legado, incorporando o seu amor inabalável pela moda e a sua generosidade; não consigo imaginar uma maneira melhor de celebrarmos a sua paixão pela criatividade", explica a estilista francesa.

Entre os modelos feitos para esta homenagem, 7 serão produzidos em 77 cópias cada um e vendidos por 777 euros: os lucros serão doados a instituições de caridade. O número 7 era o número da sorte de Karl: do seu arrondissement preferido em Paris, ao nome da sua livraria e editora, 7L - em referência ao número 7 da rue de Lille. As camisas de Karl Lagerfeld eram feitas sob encomenda por Hilditch & Key, o especialista britânico na matéria, que lhe forneceu todas as suas famosas camisas de oficial prussiano, fechadas por um colarinho alto.
 
"O meu amor e respeito por Karl vai muito além de uma camisa branca, por isso escolhi celebrar a nossa relação com estrelas vermelhas, brancas e azuis. Sinto-me obviamente honrado por ter sido convidado. Vou me lembrar para sempre do dia em que ele me deu uma camisa linda, numa caixa de presente preto brilhante. Era uma das suas favoritas, escolhida no seu guarda-roupa pessoal: colarinho alto abotoado, engomada e tudo!", lembra Tommy Hilfiger.

Esta homenagem acontece num momento particularmente movimentado para a marca Karl Lagerfeld, que acaba de revelar várias coleções cápsula, lançadas em Berlim no mês passado, em colaboração com Carine Roitfeld, sua amiga de longa data, mas também com o seu assistente e guarda-costas Sébastien Jondeau e a estilista Olivia Palermo.

Todos os lucros da venda das camisas serão doados à associação francesa "Sauver la Vie", que financia a pesquisa médica na Universidade Paris Descartes, discretamente apoiada por Karl durante muitos anos. Todas as camisas estarão expostas na Maison Karl Lagerfeld durante a Semana da Moda de Paris, em setembro.

"Após a morte de Karl, muitas pessoas queriam partilhar a sua admiração por ele e expressar as suas emoções. Os participantes deste tributo são todos próximos de Karl, a quem ele se sentia ligado ou que o inspiraram. Criar a sua versão única e personalizada da emblemática camisa de Karl é, para cada participante, uma maneira única e íntima de se aproximar de Karl", explica Pier Paolo Righi, CEO da Karl Lagerfeld.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.