Designer de joias Luisa Schroder aposta no mercado americano

Conhecida por fazer "joias que emocionam", a designer carioca Luisa Schroder apresentou suas peças na primeira edição do Fashion Jewelry, na cidade de Nova York, marcando o início da internacionalização da marca. A feira contou com 12 marcas do segmento que foram escolhidas por apresentarem um grande potencial de mercado e se destacarem pelo design autoral na criação dos acessórios. 


Luisa Schroder: designer aposta na delicadeza das peças - Divulgação

Para a temporada, Luisa levou suas duas coleções-chaves atuais. A "Cura", que faz uma brincadeira com as flores e plantas, suas marcas registradas. E a "Lírios", inspirada na sua flor preferida e que reflete a delicadeza do trabalho da designer. A seguir, confira nosso bate-papo com Luisa sobre este novo momento da marca:

FASHION NETWORK: Como foi participar da Fashion Jewelry?
Luisa Schroder: No momento, ainda estamos aguardando resposta dos buyers, mas é sempre bom poder mostrar o meu trabalho para outros mercados, entender a aceitação de um público diferente do que estou acostumada.
 
Como estão os planos de internacionalização da marca?
Luisa Schroder: 
Não vendo no mercado externo ainda, este é um plano para este ano ou o próximo. O Fashion Jewelry foi justamente uma tentativa de mostrar o meu trabalho para compradores do mercado externo. Nas nossas redes sociais, temos muita procura de clientes, principalmente da Europa, pelos produtos.
 
E por aqui? Há planos de expansão em termos de pontos de venda?
Luisa Schroder: No momento não. A ideia é promover eventos em outras cidades. Depois de quatro anos de empresa, sabemos que a peça que é bem aceita no Rio não necessariamente é a mesma peça que vai ser aceita em São Paulo, por exemplo. Precisamos conhecer a nossa cliente e o seu estilo de vida para entender o que ela busca. O formato de eventos é justamente um meio para que eu possa estar perto para entender como seria a nossa melhor entrada nestas novas praças. Antes de abrir um novo ponto, é imprescindível entender isso. Para atender à demanda dessas outras cidades também estamos com outro plano para este ano que é abrir nosso e-commerce.
 
A recente alta do ouro tem impactado de alguma forma o negócio?
Luisa Schroder: Sim. A alta do ouro e do dólar (as pedras, mesmo brasileiras, são cotadas em dólar) impactam bastante no custo das peças e isso cria um desafio maior para nós, que temos o objetivo de manter um preço acessível nas peças. O segredo é fazer peças mais leves e delicadas ou trabalhar com pedras não tão convencionais (como a Esmeralda, safira e rubi) e trabalhar com pedras também interessantes, mas com valor mais acessível, tais como ametista, topázio, tsavorita etc.
 
Qual é a expectativa de incremento das vendas para 2019? 
Luisa Schroder: Estamos esperando um aumento de 30% nas vendas para este ano que se inicia.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

ModaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER