×
848
Fashion Jobs
GRUPO BOTICARIO
Consultor Comercial jr
Efetivo - CLT · CURITIBA
GRUPO BOTICARIO
Cientista de Dados CRM vd sr
Efetivo - CLT · Curitiba
RENNER
Gerente de Marketing - Marca e Sustentabilidade
Efetivo - CLT · Porto Alegre
RENNER
Gerente de Marketing e Analytics
Efetivo - CLT · Porto Alegre
AMARO
Tech & Data Business Partner
Efetivo - CLT · São Paulo
CHILLI BEANS
Supervisor de Vendas no Varejo - Chilli Beans
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Analista de Produto - Licenciados
Efetivo - CLT · Porto Alegre
RENNER
Comprador
Efetivo - CLT · Porto Alegre
AMARO
SEO Analyst
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Supervisor de Vendas - Tijuca/rj
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
RENNER
Analista de RH - Business Partner
Efetivo - CLT · Porto Alegre
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| Natal Shopping
Efetivo - CLT · Natal
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral

Desfiles femininos verão 2016/17: Milão se reencontra com as cores

Publicado em
today 2 de out de 2015
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Com a Exposição Universal, que ainda em pleno curso até o fim do mês de outubro e a Fashion Week dedicada às coleções femininas para a primavera-verão 2016/17, Milão esteve no centro do mundo na última semana. Há muito tempo, não se via a cidade vibrar de tal forma.
 
"Foi mais movimentado, com muito mais gente que de costume, em particular compradores estrangeiros. Tínhamos a impressão de termos retornado aos velhos tempos! Entre eventos, encontros, apresentações e aberturas de lojas, minha agenda estava cheia", constata Federico Giglio, varejista de Palermo, frequentador da Semana de Moda Milanesa.

O desfile Gucci verão 2016/17 marcou muita gente. - © PixelFormula


Este comprador, que possui seis lojas multimarcas, apreciou também a qualidade das coleções "com propostas interessantes e concretas". "Até mesmo nos shows mais espetaculares, havia sempre ideias e peças bastante vendáveis. Estamos otimistas para o fim do ano", conclui.
 
Esta Semana de Moda deu um impulso à capital lombarda, conseguindo ela mesma se rejuvenescer. Até mesmo as festas estavam "mais legais e efervescentes", segundo um frequentador das noites milanesas.

Da festa dada por François-Henri Pinault em homenagem ao novo diretor artístico da Gucci, Alessandro Michele, verdadeira estrela desta Fashion Week, à exclusiva festa organizada por Altagamma, Bolsa italiana e Vogue, passando pela grande festa organizada em homenagem a Riccardo Tisci, uns poucos felizardos foram servidos.
 
"Esta foi uma das Fashion Weeks mais exitosas há anos! Tivemos uma semana muito viva, cheia de eventos e com uma grande movimentação. Nosso Fashion Hub, instalado no bairro renovado de Porta Nuova, que se tornou o novo centro nevrálgico da Semana da Moda, viu o número dos visitantes triplicar em relação à temporada passada", diz entusiasmado o presidente da Câmara da Moda italiana (CNMI), Carlos Capasa.

O trabalho de Marco De Vicenzo com o material deslumbrou. - © PixelFormula


Inquietudes plainavam no que diz respeito aos compradores chineses, entre elas se temia uma diminuição em razão da desaceleração deste mercado. "Mas, de fato, eles vieram com força. Notamos também a presença de compradores vindos pela primeira vez de algumas regiões da África", observa Carlo Capasa.
 
O espetáculo foi mesmo no encontro com desfiles vibrantes e cheios de energia e, principalmente, uma nova onda de jovens designers promissores à frente das grandes Maisons, que trouxeram definitivamente um novo fôlego à moda italiana. Alessandro Michele, à frente da direção criativa da Gucci, foi aclamado enquanto apresentava sua verdadeira primeira coleção feminina, que se destacou por sua riqueza e originalidade, mas também pela extrema qualidade da sua manufatura.
 
A chegada de Peter Dundas à Roberto Cavalli, por outro lado, convenceu menos. Se a coleção foi notavelmente rejuvenescida, as peças propostas, simples demais e quase básicas, decepcionaram. Mesmo assim, a primeira tentativa de Arthur Arbesser na Iceberg e aquela de Massimo Giorgetti na Emilio Pucci foram observadas com prudência. Desde já o encontro está marcado para a próxima temporada.
 
No conjunto, as coleções pareciam todas se endereçar a mulheres cada vez mais jovens, quase moças… Lentamente, mas com segurança, a moda feminina está evoluindo, deixando de lado excessos e artifícios para ir ainda mais longe em direção ao essencial. As formas e os volumes estão cada vez mais amplos mirando um maior conforto. A influência do sportswear nunca foi tão longe.
 
Os costureiros apostaram em uma simplicidade aparente com menos estampados e decorações, com exceção de algumas coleções que chegaram à 'hiper-decoração' (Gucci, Dolce & Gabbana, Prada entre outras). Elas recorreram a grandes blocos de cores ou a conjuntos monocromáticos. Entre os motivos mais recorrentes, as listas verticais e as grossas listas horizontais, mas também o mundo animal.
 
O foco foi colocado principalmente nos acessórios, concebidos para atacar o imaginário. Os must have para o próximo verão serão, portanto, maxi joias, óculos quadrados, as pantufas com plumas, os sapatos com laços de dançarina... sem que nos esqueçamos das mini bolsas.
 
Quanto ao conjunto com tiras finas, ele será a peça incontornável que deve figurar em todo guarda-roupa que se respeite.
 
"Vivemos um momento de transformação. A moda está cada vez mais descontraída, imperfeita, menos construída. Tudo está misturado. As propostas são preparadas de uma maneira culturalmente mais sofisticada, insólita", resume Beppe Angiolini, dirigente da butique Sugar em Arezzo.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.