×
Por
UseFashion
Publicado em
14 de fev de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Desfiles de Nova York: Homenagem de Prabal Gurung às mulheres

Por
UseFashion
Publicado em
14 de fev de 2017

Questões como empoderamento e o feminismo são pautas constantes nos últimos tempos. A conscientização de igualdade e do papel da mulher na sociedade tem se tornado cada vez comum, servindo muitas vezes como inspiração para os criadores de moda.

Prabal Gurung - Outono-Inverno 2017 - Womenswear - Nova York - © PixelFormula

 
Temporada passada vimos Maria Grazia Chiuri assumir o posto de primeira diretora criativa da Dior, cargo sempre ocupado por homens na história da casa de moda. Sua estreia deu o que falar, pois, além desse fato, ela trouxe o feminismo em pauta com frases impactantes em T-shirts.
 
Agora, na Semana de Moda de Nova York, que começou no dia 09 e encerra-se esta semana, um dos desfiles de destaque foi do criador de moda Prabal Gurung. Em tempo, pois sua coleção foi um tributo ao gênero feminino, onde o designer nepalês buscou referências nas mulheres da década de 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, explicando que elas entenderam que a queda de uma minoria representava o fim de toda uma humanidade.

Prabal Gurung - Outono-Inverno 2017 - Womenswear - Nova York - Fotos: Agência Fotosite

 
Na coleção, um contraponto entre peças volumosas e leves, importando-se com comprimentos médios e uma silhueta que faz referência à década em questão. Casacos pesados de lã ou pele dividiram espaço com vestidos estampados e decotados ou com transparência.

Ao final do desfile, todas as manequins entraram novamente na passarela, caminhando mais devagar e ao som da canção 'Imagine', de John Lennon, vestindo T-shirts com mensagens políticas, como: "o futuro é feminino", "nossa mente, nosso corpo, nosso poder", "eu sou uma imigrante" e "nós não seremos caladas".

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.