×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
20 de jan de 2020
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Desfiles de moda masculina: as tendências para o outono-inverno 2020/21

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
20 de jan de 2020

As coleções de moda masculina para o outono-inverno 2020/21, apresentadas em Londres, Florença, Milão e Paris, foram claramente marcadas pelo contexto complexo da atualidade, com guarda-roupas compostos pelas reflexões que agitam a sociedade, seja em termos de ecologia ou de gênero. Os designers destacaram dez grandes tendências, desenhando um homem que expressa suas múltiplas sensibilidades e ambivalências entre conforto e rigor, passado e presente, virilidade e feminilidade. O costume permanece presente nas coleções, mas revisado de forma contemporânea nas formas mais híbridas.

1) Feminino/masculino


Random Identities - outono-inverno 2020/21 - Florença - Pitti Immagine Giovanni Giannoni


Não é mais a mulher que escolhe usar peças masculinas, mas o oposto. À medida que o movimento MeToo continua e a diversidade de gêneros é debatida, o homem do próximo inverno revelará sua feminilidade. Além da saia, que já foi proposta no passado e que apareceu em algumas coleções, o sutiã, um símbolo feminino por excelência, aparece à plena luz do dia nas passarelas (em formas diferenciadas). Em particular na Stefano Pilati, Ludovic de Saint Sernin e Bethany Williams como acessório para adornar a silhueta. Da mesma forma que colares e outras joias, numerosas nas coleções, ou ainda a tiara de Takahiromiyashita The Soloist.

2) Botas e cuissardes


Martine Rose - outono-inverno 2020/21 - Londres - © PixelFormula


Outra peça feminina por excelência, as cuissardes seduzem o homem, que a veste em sua versão ultra larga em couro como bota de pescador ou sete léguas (Vetement, Telfar, Martine Rose); apertada ou com tiras na Random Identities (Stefano Pilati); estilo cowboy alongada na Palomo Spain, ou moon boots em nylon larga e muito alta na White Mountaineering. Mesmo se nem todo mundo adotar as cuissardes, uma coisa é certa: o homem usará botas no próximo inverno, com as calças por dentro delas (algo visto em todos os desfiles).

3) Pernas nuas 


N°21 - outono-inverno 2020/21 - Milão - © PixelFormula


O aquecimento global exige uma reflexão sobre o excesso de consumo ou trata-se de um pragmatismo comercial? As coleções de inverno estão cada vez mais estivais e o homem cada vez mais desnudo. As roupas íntimas nunca tiveram tanto destaque como nesta temporada de desfiles. O look jaqueta e cueca/ bermuda ou capa de chuva/ casaco, revelando pernas desnudas usando sapatos ou até botas (ainda mais chic) com meias claramente visíveis será o hit do outono-inverno 2020/21.

4) Couro total


Salvatore Ferragamo- outono-inverno 2020/21 - Milão - © PixelFormula


O material permanece obrigatório no guarda-roupa masculino. Amplamente proposto, especialmente em looks com couro da cabeça aos pés: jaqueta/ casaco e calça, mas também em casacos longos, macacões, etc. O perfecto também é essencial, e vários designers seguem a tendência biker, com os inevitáveis protetores de joelho, cotovelo e ombro.

5) Híbrido e retalhos


Marni - outono-inverno 2020/21 - Milão - PixelFormula


As misturas de gêneros e materiais que dominam as coleções há várias temporadas estão em ascensão. As jaquetas e calças clássicas aparecem às vezes bicolores, cortadas no meio, às vezes em dois tipos de materiais diferentes, com a parte superior impermeável e a parte inferior em lã. Em toda parte, as roupas foram desconstruídas e recompostas com inserções. Junya Watanabe reformulou todo o guarda-roupa masculino com edredons incrustados em casacos, um perfecto em uma jaqueta clássica, etc. Em algumas marcas, como a Marni, a roupa é esquizofrênica e dividida entre dois estilos radicalmente opostos.

6) Sobreposições


White Mountaineering - outono-inverno 2020/21 - Paris - © PixelFormula


Brincar com as diferentes camadas e comprimentos das roupas pode se tornar o novo passatempo favorito dos homens, a julgar por sua atitude nas passarelas. Podem ser usadas duas ou três jaquetas (Comme des Garçons); encurtadas, assim como certas malhas para mostrar o casaco, um suéter, uma túnica, revelando por sua vez uma camisa, uma malha, etc.

7) Macacão


Dolce & Gabbana -outono-inverno 2020/21 - Milão - © PixelFormula


O workwear ainda continua em alta, e o macacão como peça-chave. A Dolce & Gabbana, que exalta os artesãos em sua nova coleção, oferece a peça em couro, assim como Salvatore Ferragamo. A Gucci oferece em jeans clássico, a Casablanca em volume confortável, e muitas marcas deixaram a parte de cima dobrada na frente, muito mais chic.

8) Legging


Acne Studios - outono-inverno 2020/21 - © PixelFormula


As leggings fizeram uma entrada triunfante no guarda-roupa masculino com um ar confortável, mas também sexy. Ela deixa a academia e pode ser usada sem precisar ser camuflada, como se o homem tivesse colocado uma meia-calça simples. Ela remete às cuecas masculinas do passado ou à meia-calça medieval. Na Rick Owens, ela aparece em apenas uma perna, com a outra solta.

9) Camisa com babados


AMI -outono-inverno 2020/21 - Paris - © PixelFormula


A camisa com babados está de volta e com alguns diferenciais em algumas coleções. Com cores na Dries Van Noten ou na Martine Rose, quase austera na Prada, reinterpretada com babados nos ombros na Louis Vuitton, ou no formato maxi na AMI.

10) Glamour


Dries Van Noten- outono-inverno 2020/21 - Paris - © PixelFormula


No próximo inverno, a moda masculina ganhará um toque de glamour, com lantejoulas e luvas longas. Luvas de couro com miçangas na Dior Men, luvas de látex e cintos em forma de cordões brilhantes na Ludovic de Saint Sernin, luvas de lã compridas na Dries Van Noten, e gola alta brilhante na AMI.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.