×
913
Fashion Jobs
CAEDU
Gerente de Grupo Produto - Infantil
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Supervisor de Vendas - Barueri
Efetivo - CLT · Barueri
CAEDU
Supervisor de Vendas - Alto Tietê
Efetivo - CLT · Ferraz de Vasconcelos
STUDIO Z
Coordenador de Planejamento Comercial
Efetivo - CLT · FLORIANÓPOLIS
GRUPO MEIA SOLA
Gerente de Marketing
Efetivo - CLT · FORTALEZA
GRUPO BOTICARIO
Executivo de Vendas ii (São Paulo)
Efetivo - CLT · São Paulo
LULITEX COM IMP EXP LTDA
Auxiliar Comercial
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas - Assistente Social
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - Quem Disse, Berenice?
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - o Boticário
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
GRUPO BOTICARIO
Product Owner E-Comm
Efetivo - CLT · Curitiba
IBRANDS
Líder de Logística
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas | Rio Verde
Efetivo - CLT · Rio Verde
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís

Depois de um forte crescimento, Adidas espera "normalização" em 2018

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 10 de mai de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

O CEO da Adidas, Kasper Rorsted, disse que a empresa espera que o crescimento das vendas "normalize" este ano, após dois anos de forte expansão, e que continuará sua mudança de sourcing de calçados da China para o Vietnã.


Adidas


"Esperamos uma certa normalização este ano, após um segundo ano consecutivo de uma forte taxa de crescimento de dois dígitos", disse Kasper Rorsted durante a reunião geral anual. O executivo reafirmou a meta de crescimento de cerca de 10% nas vendas em 2018, em uma base de moeda neutra, abaixo do aumento de 16% obtido em 2017.

O executivo-chefe também acrescentou que a empresa espera continuar a mudança do seu sourcing de calçados da China para o Vietnã, e não mostrou estar preocupado com a possível imposição de tarifas dos Estados Unidos sobre os calçados fabricados na China.

As fábricas do Vietnã produziram 44% do volume de calçados da Adidas em 2017, ante 31% em 2012, enquanto os fornecedores chineses representaram 19%, menos de 30% em 2012, disse Kasper Rorsted na reunião anual de acionistas.

"Eu não vou descartar que esta tendência vai continuar", disse ele, acrescentando: "A China ainda é um importante mercado de compras, independentemente de deveres comerciais".

Rorsted observou que ainda há muita incerteza sobre quais setores podem ter que enfrentar novas tarifas nos Esta Unidos. "Podemos ser atingidos por impostos de importação, mas isso também se aplica aos nossos concorrentes."

A rival alemã Puma, que fabrica cerca de um terço de seus produtos na China, disse no mês passado que está trabalhando em planos de contingência para transferir parte da produção da China para outros mercados asiáticos caso as tarifas americanas sejam impostas.
 

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.