×
Publicado em
27 de ago. de 2013
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Depois de resultados trimestrais ruins, Abercrombie cai em Wall Street

Publicado em
27 de ago. de 2013

Definitivamente, a cadeia têxtil americana Abercrombie & Fitch encontrou um obstáculo. A ponto de provocar uma queda de 20% no curso de suas ações em Wall Street. A razão? Os números de seu 2º trimestre, nada bons, que o grupo de moda jovem acaba de publicar.

As vendas tiveram uma queda real de 1% no período e foram para 945,7 milhões de dólares, nas treze semanas que se encerraram em 28 de julho. E, como se não fosse bastante, a queda foi de 8% nos Estados Unidos, levando as vendas aos 597,3 milhões. É verdade que as internacionais subiram 15% e chegaram aos 348,4 milhões. Já o e-commerce cresceu 21% e hoje se encontra na casa dos 154,3 milhões de dólares.

Modelo Hollister


Mas são os dados, em uma base comparativa, que certamente tiram o sossego do mercado. Neste infame segundo trimestre, as vendas caíram 10%, com uma queda de 11% nos Estados Unidos. As vendas internacionais também caíram 7%.

Todas as marcas foram atingidas. Abercrombie registrou queda de 6% em suas vendas, a Abercrombie Kids 3% e a Hollister, 13%.

De fato, esta retração na atividade é verificada nos resultados. O lucro líquido no trimestre chegou a 11,4 milhões de dólares ante 17,1 milhões durante o trimestre equivalente do ano de 2012.

“O segundo trimestre foi mais difícil que o previsto por conta do movimento mais fraco, que também persistente na atividade feminina”, salienta Mike Jeffries, diretor-geral e presidente do conselho administrativo, o qual ainda deixou claro não esperar melhora do cenário para o terceiro trimestre, mesmo sendo este o período da volta às aulas.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.