×
684
Fashion Jobs

Demna Gvasalia deixa a sua marca Vetements

Publicado em
today 16 de set de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Demna Gvsalia deixa a Vetements. A notícia foi divulgada na segunda-feira de manhã, para surpresa geral. Apenas cinco anos após o lançamento da marca de prêt-à-porter streetwear de alta gama, o designer nascido na Geórgia anuncia a sua saída através de um comunicado de imprensa, assinado com o seu irmão Guram Gvasalia, responsável pela gestão da casa, publicado pelo site da revista americana WWD.


Demna Gvasalia - DR


O designer explica que acredita ter alcançado o seu objetivo. "Comecei a Vetements porque a moda me entediava. Contra todas as probabilidades, a moda mudou de uma vez por todas desde o aparecimento da Vetements e isso abriu a porta para muitas outras. Portanto, sinto que cumpri a minha missão como inovador em termos conceptuais e de design com esta marca excepcional, enquanto a Vetements amadureceu e se tornou uma empresa capaz de transformar a sua herança criativa num novo capítulo."
 
Como lembra Guram Gvasalia, "a Vetements sempre foi um coletivo de mentes criativas”. “Continuaremos a expandir ainda mais os limites, respeitando os códigos e valores autênticos da marca, e continuaremos a apoiar a criatividade honesta e o talento genuíno." O diretor-geral da marca continua: "O que Demna alcançou nos últimos anos representa um capítulo importante na história da Vetements. Somos muito gratos a Demna por contribuir para o grande impulso da marca."

Quando lançou a marca de prêt-à-porter Vetements em 2014, o designer georgiano de 38 anos, alemão por adoção, sonhava sair do “fashion system" e "das regras que este impõe a todos" . Oprimido pelo seu sucesso, foi entanto novamente engolido pelo sistema, certamente com a sensação de ter contornado a questão.

O seu último desfile, no McDonald's dos Champs-Elysées, em Paris, em junho, pareceu a posteriori uma homenagem ao trabalho realizado nos últimos anos. O designer reviveu o estilo divertido e incomum que originou o seu sucesso nos primeiros tempos, num ambiente descontraído e divertido, reinterpretando os best-sellers da marca com uma coleção cheia de humor e achados.

Em poucas temporadas, a Vetements, que desfila nos lugares mais inesperados, deixou de ser uma marca anti-conformista e underground e passou a ser uma marca reconhecida, seguida de perto por todo mundo da moda, graças, em especial, às peças vintage retrabalhadas e apropriadas "feitas para amigos", mas não menos comerciais... e vendidas bastante caras em edições limitadas. Os seus volumes extra-grandes e a sua apropriação de logótipos foram, depois, assumidos pela maioria.

A marca continuará a sua aventura se concentrando no seu coletivo de designers, anunciando em breve "novos projetos e colaborações inesperadas". Tendo entrado no calendário oficial de desfiles de moda parisienses em setembro de 2015, a marca se deu ao luxo de desfilar tanto durante a alta costura como durante as semanas dedicadas às coleções de prêt-à-porter feminino e masculino, mudando sempre de formato com uma grande capacidade de comunicar e criar buzz nas redes sociais. Em 2017, a marca deixou Paris para se mudar para Zurique.
 
Depois de se formar na Real Academia de Belas Artes de Antuérpia, Demna Gvasalia se destacou pela primeira vez ao ganhar em 2004 o prêmio do concurso para jovens designers ITS de Trieste. O que lhe deu o ímpeto para lançar em 2007 a sua primeira coleção na Semana da Moda de Tóquio, além de lhe abrir portas nas principais maisons parisienses. Em 2009, Demna Gvasalia integra a Maison Martin Margiela, onde chega logo após a partida do seu fundador e dirige as coleções femininas até 2013. Depois, passa dois anos na Louis Vuitton, sob o reinado de Marc Jacobs e o início de Nicolas Ghesquière, como "designer sénior" das coleções femininas, antes de lançar a Vetements.

Desde 2015, o designer é também diretor artístico da Balenciaga, marca de luxo do grupo Kering, cargo no qual permanece e pelo qual apresentará a nova coleção para a primavera-verão 2020, a 29 de setembro, em Paris.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.