×
1 082
Fashion Jobs
GRUPO BOTICARIO
Analista de CRM ii – Venda Direta (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Analista fp&a i - Gestão de Verbas Comerciais
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Coordenador(a) de Compras de Eventos
Efetivo · São José dos Pinhais
RENNER
Product Owner (po) - Omnichannel
Efetivo · São Paulo
FARFETCH
Product Manager (Ecommerce Experience) - Farfetch Platform Solutions
Efetivo · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Especialista ii Treinamento Comercial Venda Direta - Franschising
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Compradora de Projetos Júnior - Híbrida - PR
Efetivo · São José dos Pinhais
MARISOL
Analista de CRM - São Paulo
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Gerente sr Comercial Lojas Boti (Nordeste)
Efetivo · Brasília
RENNER
Content & Performance Manager
Efetivo · São Paulo
VIVARA
Analista de Compliance Senior
Efetivo · São Paulo
MARISOL
Analista de CRM
Efetivo · Jaraguá do Sul
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace – Onboarding de Sellers
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace - Atendimento e Pós-Vendas
Efetivo · São Paulo
RENNER
Coordenador de CRM
Efetivo · São Paulo
CAEDU
Operador de Loja
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Consultor(a) de Vendas - o Boticário (Boulevard Shopping)
Efetivo · Brasília
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Atendimento (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · Curitiba
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Atendimento (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · Curitiba
GRUPO LUNELLI
Inspetor(a) de Qualidade - Externo
Efetivo · Guaramirim
VIVARA
Vendedora –Shopping Cidade São Paulo – São Paulo/ sp
Efetivo · São Paulo
MARISOL
Analista de Sistemas - E-Commerce
Efetivo · Jaraguá do Sul
Publicado em
5 de dez. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Demna e Balenciaga se desculpam por campanha publicitária e retiram processo judicial

Publicado em
5 de dez. de 2022

Demna, diretor criativo da Balenciaga, e o CEO da marca publicaram um pedido de desculpas pela campanha publicitária com crianças relacionada ao sadomasoquismo, que gerou um avalanche de críticas, e retiraram o processo contra a produtora responsável.


Balenciaga - Primavera/Verão 2023 - Moda Feminina - Paris - © PixelFormula


O CEO da marca, Cedric Charbit, também anunciou que retirou o processo judicial que pedia 25 milhões de dólares por danos contra a produtora responsável pelo anúncio, North Six, outra ação que gerou protestos em toda a indústria da moda.

"Quero me desculpar pessoalmente pela escolha errada da arte conceitual para a campanha de presentes com as crianças e assumo total responsabilidade. Foi inapropriado que crianças promovessem itens que não tinham nada a ver com elas", escreveu Demna.

"Por mais que às vezes eu goste de provocar o pensamento através do meu trabalho, nunca teria a intenção de fazer isso com um assunto tão horrível quanto o abuso infantil, que eu condeno.", acrescentou o designer.

Os bichos de pelúcia sadomasoquistas que as crianças seguravam na campanha publicitária apareceram pela primeira vez no "desfile de lama" da Balenciaga, aberto por Kanye West, agora conhecido como Ye, durante a Semana da Moda de Paris, em outubro. Na época, os objetos eram usados ​​por modelos de passarela e considerados um exemplo da visão distópica de Demna. No entanto, depois de colocá-los ao lado de crianças cercadas por taças de vinho na campanha, surgiram críticas nas redes sociais lamentando a exploração de crianças com fins comerciais.

"Devo aprender com isso, ouvir e me envolver com organizações de proteção à criança para descobrir como posso contribuir e ajudar nesta terrível questão. Peço desculpas a qualquer um ofendido pelas imagens e Balenciaga garantiu que serão tomadas as medidas adequadas, não apenas para evitar erros semelhantes no futuro, mas também para assumir a responsabilidade de proteger o bem-estar das crianças de todas as maneiras possíveis. Sinceramente, Demna.", concluiu o designer de origem georgiana.

Em um movimento relacionado, Charbit disse que a empresa nomearia imediatamente "um conselho de imagem, responsável por avaliar a natureza de nosso conteúdo, desde o conceito até os ativos finais".
 
"A Balenciaga decidiu não prosseguir com o litígio", acrescentou Charbit, que foi abertamente alvo da Fox News por seu principal apresentador, Tucker Carlson, por supostamente consentir com a pornografia infantil.
 
A decisão da direção também põe fim a um processo judicial que havia escandalizado os formadores de opinião da indústria pela falta de responsabilidade da marca com suas próprias decisões estéticas. Ainda mais considerando a reputação de seus designers como criadores de desfiles e campanhas provocativas.
 
"Juntamente com minha equipe, faremos um 'tour de escuta' para envolver grupos de defesa que visam proteger as crianças... Reservamos um fundo significativo para fazer doações a organizações para que possamos ajudar a fazer a diferença na proteção de crianças", acrescentou o CEO da Balenciaga.

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.